João Ganço e Armando Aldegalega distinguidos na Gala Anual do Comité Olímpico Português

0
174

A Gala Anual do Comité Olímpico Português consagrou na passada quinta-feira várias individualidades. Entre elas, merecem particular destaque na área do atletismo, o treinador João Ganço, distinguido com a Ordem Olímpica Nacional e Armando Aldegalega com o Prémio Ética Desportiva.

Para João Ganço, este foi o prémio mais importante até agora recebido. “É uma grande honra. Este prémio representa o culminar de uma carreira construída com êxitos, muito esforço e muito sacrifício, mas valeu a pena. Sinceramente, esperava este prémio há algum tempo. Neste momento, pensava que já estava fora de tempo, mas ainda veio na altura adequada”.

Eis os nomes dos outros desportistas nacionais agora distinguidos:

Prémio Juventude

Patrícia Sampaio (Judo) e Ricardo Batista (Triatlo)

Medalha de Mérito

António Bessone Basto

Medalha de Excelência Desportiva

Fu Yu (Ténis de Mesa) e Jorge Fonseca (Judo)

Foram igualmente distinguidos os chefes das missões organizadas pelo COP durante o ano de 2019: Pedro Flávio (Festival Olímpico da Juventude Europeia de Inverno); Marco Alves (Jogos Europeus); Catarina Monteiro (Festival Olímpico da Juventude Europeia de Verão e Jogos Mundiais de Praia); e Filipe Jesus (Jogos do Mediterrâneo de Praia).

As escolas participantes no Programa de Educação Olímpica que mais se evidenciaram em 2019 também foram distinguidas: Escola Secundária Fernão do Pó (Bombarral), Agrupamento de Escolas Rio Novo do Príncipe (Cacia), Escola Secundária Rocha Peixoto (Póvoa de Varzim) e Agrupamento de Escolas do Cerco (Porto). Também a Câmara Municipal de Angra do Heroísmo foi alvo de distinção pela organização do Dia Olímpico.

A empresa Repsol, parceira olímpica do COP, foi distinguida com o Prémio Prestígio.

Deixar Resposta