João Vieira e Inês Henriques são segundos nos rankings da Federação Internacional… agora suspensos

0
657

A World Athletics (federação internacional de atletismo) suspendeu o período de obtenção de mínimos para os Jogos Olímpicos de Tóquio (alterados para 2021) até final de novembro, ao mesmo tempo que quaisquer marcas e classificações obtidas entre 6 de abril e 30 de novembro não serão contabilizados para efeitos dos seus rankings internacionais, os quais são agora um segundo modelo de acesso às grandes competições internacionais, depois dos mínimos.

Ora, nesses suspensos rankings, que voltarão a estar ativos a 1 de dezembro, com as classificações atuais, João Vieira e Inês Henriques seguem em 2º lugar nos 50 km marcha, Pedro Pichardo é 3º no triplo e Patrícia Mamona 10ª igualmente no triplo. Os marchadores têm apenas à sua frente o japonês Yusuke Suzuki e a italiana Eleonora Giorgi. Pichardo está a seguir aos norte-americanos Christian Taylor e Will Claye.

Nas classificações gerais, Pedro Pichardo (50º) e Inês Henriques (172ª) são os portugueses mais bem classificados. O setor feminino está mais bem representado: no top’1000 das classificações gerais, aparecem 11 portuguesas e apenas 5 portugueses. E nos top’100 prova a prova, elas são 23 e eles 11. O sueco Armand Duplantis (1515 p.), o norte-americano Noah Lyles (1505) e o norueguês Kartsen Warholm (1503) lideram no setor masculino, enquanto, no feminino, as primeiras são a holandesa Sifan Hassan (1528 p.), a britânica Dina Asher-Smith (1494) e a queniana Beatrice Chepkoech (1479).

PORTUGUESES NO TOP’1000 GERAL

Masculinos:
50º Pedro Pichardo 1390 (triplo)
268º Nelson Évora 1279 (triplo)
339º João Vieira 1264 (50 km M)
823º Francisco Belo 1199 (peso)
873º Tsanko Arnaudov 1194 (peso)
Femininos:
172ª Inês Henriques 1305 (50 km M)
242ª Patrícia Mamona 1279 (triplo)
534ª Evelise Veiga 1214 (comp.)
697ª Lorène Bazolo 1193 (100 m)
697ª Salomé Rocha 1193 (10000 m)
709ª Ana Cabecinha 1192 (20 km M)
784ª Cátia Azevedo 1185 (400 m)
818ª Marta Pen 1181 (1500 m)
880ª Susana Costa 1175 (triplo)
911ª Dulce Félix 1172 (maratona)
919ª Catarina Ribeiro 1171 (10000 m)

PORTUGUESES NOS TOP’10 PROVA A PROVA

Masculinos:
2º João Vieira 1264 (50 km M)
3º Pedro Pichardo 1390 (triplo)
10º Nelson Évora 1279 (triplo)
35º Francisco Belo 1199 (peso)
38º Tsanko Arnaudov 1194 (peso)
52º Tiago Pereira 1148 (triplo)
54º Ricardo Santos 1169 (400 m)
57º Paulo Conceição 1145 (altura)
78º Carlos Nascimento 1169 (100 m)
85º Ivo Tavares 1131 (comp.)
99º Diogo Ferreira 1124 (vara)
Femininos:
2ª Inês Henriques 1305 (50 km M)
10ª Patrícia Mamona 1279 (triplo)
17ª Ana Cabecinha 1173 (20 km M)
18ª Irina Rodrigues 1156 (disco)
23ª Evelise Veiga 1204 (comp.)
25ª Susana Costa 1175 (triplo)
26ª Liliana Cá 1117 (disco)
29ª Evelise Veiga 1168 (triplo)
29ª Auriol Dongmo 1118 (peso)
33ª Cátia Azevedo 1185 (400 m)
37ª Mara Ribeiro 1090 (50 km M)
40ª Marta Pen 1181 (1500 m)
48ª Vera Barbosa 1156 (400 bar.)
55ª Lorène Bazolo 1188 (100 m)
64ª Marta Onofre 1088 (vara)
65ª Eliana Bandeira 1046 (peso)
68ª Salomé Rocha 1137 (10000 m)
70ª Sandra Silva 968 (50 km M)
71ª Joana Soares 1136 (3000 ob.)
82ª Francislaine Serra 1019 (peso)
83ª Ana M. Oliveira 1084 (triplo)
87ª Anabela Neto 1083 (altura)
89ª Mariana Machado 1119 (1500 m)

Nota: Jéssica Inchude, luso-guineense (mas representando a Guiné internacionalmente) é a 60ª no peso, com 1056 pontos.

Recorde-se que já têm mínimos olímpicos (e mantê-los-ão) Pedro Pichardo (triplo), João Vieira (50 km marcha), Patrícia Mamona (triplo), Evelise Veiga (triplo) e Salomé Rocha (maratona).

Deixar Resposta