João Vieira (e já lá vão 54 títulos nacionais…) vedeta nuns campeonatos de marcha bem modestos

0
246

Foram muito fracos os Campeonatos Nacionais de 35 e 50 km marcha, realizados este domingo, em Porto de Mós. Nas principais provas, apenas um atleta de nível internacional. João Vieira (Sporting), a menos de um mês de completar o 44º aniversário, continua a somar títulos nacionais – foi o 54º entre estrada, pista e pista coberta – ganhando pela quinta vez a prova de 35 km, embora com o pior tempo das cinco edições realizadas: 2.42.06, contra 2.37.59 em 2016 – o melhor – e 2.40.14 de 2019. Hélder Santos (Leiria MA), com 2.45.51, e Rui Coelho (CA Seia), com 2.47.10, completaram o pódio. O CA Seia foi o único clube a ter três atletas na meta, ganhando o único título coletivo atribuído nestes campeonatos. Os benfiquistas Pedro Isidro (4º com 2.50.17) e Miguel Carvalho (5º com 2.51.47) desiludiram.

Nos 50 km, o húngaro David Tokoli, embora longe do seu melhor, ganhou com larga superioridade (mais de 17 m), em 4.25.02, e o campeão nacional foi o veterano Manuel Marques (41 anos), do CF Oliveira do Douro, com 4h25m02s. Em 34 edições da prova, apenas dois campeões fizeram pior tempo… Amaro Teixeira (com 5.20.05) foi o outro português classificado (2º).

No setor feminino, Sandra Silva (44 anos), do CF Oliv. Douro, foi mais uma vez a única concorrente e conseguiu a melhor marca nas três edições realizadas e nas quais só ela competiu: gastou 5.00.46, contra 5.07.10 em 2019. Nos 35 km, Inês Henriques, que estava inscrita, não competiu e o triunfo foi para Vitória Oliveira (SC Braga), com 3.11.20. A favorita Mara Ribeiro desistiu e, a caminho dos 50 km, Sandra Silva foi segunda, com passagem em 3.25.54. Não havia mais nenhuma atleta feminina…

Na prova de preparação de 20 km, João Vieira, a caminho dos 35 km, foi o primeiro, com 1.32.51, contra 1.33.52 de Daniel Ortega, mais um atleta do CF Oliv. Douro. A sportinguista Carolina Costa foi a primeira mulher (e a 4ª na geral!), com 1.37.33.

Ana Cabecinha participou (e ganhou) nos 15 km, com 1.08.23 (contra 1.10.24 de Edna Barros). O andamento de Ana Cabecinha, a ser mantido, daria cerca de 1.31.20 aos 20 km.

Finalmente, a madeirense Andreia Viveiros (Água de Pena) ganhou a prova de 10 km para juniores, com 50.00. O primeiro júnior masculino ficou a quase cinco minutos…

Deixar Resposta