Jogos Olímpicos: Piotr Malachowski recusa os “Jogos da morte”

0
324

Enquanto reina a incerteza acerca da realização dos Jogos Olímpicos na data prevista, é cada vezes maior o número de atletas que pedem um adiamento. Um deles é Piotr Malachowski, vice-campeão olímpico do lançamento do disco em Pequim 2008 e Rio de Janeiro 2016.

“Quando se trata dos Jogos, é difícil. Não somente para mim mas para todos os atletas que se preparam. Para alguns, é o evento das suas vidas”, lembra ele. “Sobretudo para aqueles que atingem uma certa idade. Para mim, são os meus últimos JO. Mas espero que o COI tome em conta a nossa saúde antes de tudo, é o mais importante”.

Sem falar de um possível adiamento para 2021, o atleta polaco acredita que um adiamento de alguns meses possa ser suficiente. “Os JO podem ser adiados para Novembro ou Dezembro deste ano. A situação sanitária será melhor, estaremos melhor preparados. Muitos atletas não esperam um pico de forma e falta-lhes tempo. Ao alto nível, se fazes alguma coisa muito rapidamente, é feito frequentemente não importa como e os riscos de lesões são maiores”, previne o lançador de 36 anos. “Tudo o que nós queremos no final, é mostrar a nossa melhor cara aos fans e fazer boas performances. Ninguém quer que isto se torne os ‘Jogos da morte’, com numerosas lesões graves”.

 

Deixar Resposta