Júnior Mariana Machado volta a ganhar em Espanha

0
1273
  • Salomé Rocha (10ª) foi a melhor das seniores

Mariana Machado voltou a ganhar um corta-mato em Espanha, desta vez o de Atapuerca (Burgos), cuja 15ª edição abriu o circuito de crosses da IAAF, o qual integra, entre vários outros, o das Amendoeiras, nas Açoteias. A jovem atleta do Sp. Braga gastou 13.36 na sua prova, derrotando a espanhola Cristina Ruiz (13.37) e a britânica Zoe Wessell (13.38), que a acompanharam no pódio. Patrícia Silva (Benfica) foi 9ª (14.03) e Margarida Raimundo 33ª (15.20).

Na prova de juniores masculinos, ganha pelo galês Jake Heyward (18.17) estiveram três benfiquistas, com destaque para Isaac Nader, 5º com 18.30. Alexandre Figueiredo foi 10º (18.36) e Miguel Ribeiro 15º (18.52).

Na principal prova feminina, com seis africanas na frente e a sueca Meraf Batha, ex-eritreia, em 7º lugar, Salomé Rocha foi a melhor portuguesa, em 10º lugar (17.09), logo seguida de Catarina Ribeiro (11ª com 27.10). Sara Moreira, que andou no grupo da frente na primeira volta mas cedeu depois, foi 13ª com 27.33. Triunfou (pelo 3º ano consecutivo) a etíope Teferi Senbere, vice-campeã mundial de 5000 m e corta-mato, em 2015, que gastou 25m 51s, menos dois segundos que a queniana Margaret Kipkemboi.

Na prova masculina, com 11 africanos nos primeiros lugares, Rui Pinto foi 23º, com 26.43. Ganhou (em 25.10, com 13 segundos de vantagem!) o ugandês Jacob Kiplimo, de apenas 17 anos (completa 18 dentro de três dias!), e os melhores não-africanos foram o britânico Andy Vermon (12º com 26.14) e o espanhol António Abadia (13º com 26.23).

Deixar Resposta