Kenenisa Bekele desiste da Maratona de Tóquio por lesão

0
1162

O etíope Kenenisa Bekele desistiu de participar na Maratona de Tóquio que se realiza em 2 de Março, devido a uma fratura de stresse numa perna.

No comunicado em que anunciou a sua desistência, o atleta não especificou qual a lesão, nem a perna lesionada.

“Estou triste por não estar este ano em Tóquio, porque preciso de me concentrar na minha recuperação. Eu tenho sentido um desconforto desde a Maratona de Amesterdão no outono da última época e não consegui recuperar dessa lesão a tempo”, disse Bekele.

O fundista etíope é um dos atletas mais vitoriosos da história, com três medalhas de ouro e uma de prata nos Jogos Olímpicos, além de mais cinco ouros no Campeonato Mundial de Atletismo – sempre nos 5.000 m e 10.000 m. Mas quando deixou as pistas e passou a dedicar-se às longas distâncias, tem desistido várias vezes, apesar de já ter obtido bons resultados.

“Estou motivado para ainda alcançar grandes resultados na maratona, já que sei o que ainda sou capaz quando o meu corpo pode cooperar plenamente. É por isso que agora preciso aproveitar para recuperar completamente, ficar saudável para que eu alcance as metas que deixei para provar por mim mesmo na maratona”, explicou.

Bekele correu a Maratona de Berlim de 2016 em 2h03m03s, o terceiro melhor tempo de sempre na distância.

“O meu corpo está começando a sentir que eu tenho mais de 20 anos ao mais alto nível no desporto. As lesões têm atormentado um pouco a minha mudança para a maratona, mas também tenho ótimas lembranças desde que me tornei um maratonista. O meu tempo em Berlim, por exemplo, e também a minha vitória em Paris, são provas de que tenho muito orgulho ”, afirmou o etíope.

Apesar de ter desistido de participar na Maratona de Tóquio, uma das principais provas do calendário, Bekele ainda tem como meta uma prova na capital japonesa: a maratona dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

“Primeiro, estou focado em voltar a ter uma boa saúde e correr um tempo muito rápido em algum lugar. O meu segundo objetivo é ser campeão olímpico na maratona em Tóquio. Isso seria algo de que eu iria realmente orgulhar-me”, disse.

Deixar Resposta