Kipsang e Chepchirchir batem recordes na Maratona de Tóquio

0
3589

O queniano Wilson Kipsang venceu hoje a maratona de Tóquio com uma marca que bate o recorde do percurso. Kipsang, ex-recordista do mundo e medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012, terminou em 2h03m58s, suplantando o anterior recorde que estava na posse de Dickson Chumba desse 2014 com 2h05m42s.

Foi um registro que ficou longe do recorde do mundo na posse de Kipruto Kimetto, que completou em 2014 a maratona de Berlim em 2h02m57s. Ainda assim, Kipsang conseguiu com estes 2h03m58s, o melhor tempo em solo japonês desde que o etíope Tsegaye Kebede venceu a maratona de Fukuoka em 2009 com 2h05m18s.
Os também quenianos Gideon Kipketer e Dickson Chumba terminaram em segundo e terceiro lugar com os tempos de 2h05m51s e 2h06m25s, respectivamente.
“Tentei o recorde do mundo, mas penso que fez um pouco de vento e que por isso não consegui essa marca”, disse Kipsang ao terminar a prova, em declarações à agência noticiosa Kyodo.

Em femininos, a queniana, Sarah Chepchirchir também conseguiu bater o recorde do percurso ao completar em 2h19m47s, tornando-se a primeira mulher a correr abaixo de 2h20m em Tóquio. O anterior recorde feminino na capital nipónica pertencia a Helah Kiprop, fixado o ano passado em 2h21m27s.

O novo formato, com a prova aberta para ambos os sexos, fez com que em 2013 o número total de inscritos fosse de 303.450 pessoas, das quais apenas cerca de 36 mil foram sorteadas para participar.

Deixar Resposta