Lasitskene acusa autoridades russas: “É uma vergonha!”

0
482

A tricampeã mundial do salto em altura, a russa Maria Lasitskene, criticou ontem as autoridades russas pela exclusão de quatro anos das grandes competições internacionais, decidida pela Agência Mundial Antidopagem (AMA).

“Não duvidada deste desfecho. Não acreditava de que tudo estava bem. O que se passou hoje é uma vergonha”, escreveu a atleta na sua conta do Instagram.

Lasitskene tem sido nos últimos anos muito crítica para com o presidente da Federação Russa de Atletismo, Dmitri Shliajtin, envolvido recentemente em mais um escândalo de doping.

“Os meus planos para o futuro? Lutar por mim mesma e competir. Nunca tive intenção de mudar de cidadania e não o farei agora. Demonstrarei na pista que os desportistas russos estão vivos, ainda que na qualidade de neutros. É o que fiz durante os últimos anos”.

Lsitskene criticou ainda as autoridades por defender os desportistas “só em palavras”.

“O que me indigna é que os atletas estão sós nesta luta”, acrescentou.

Deixar Resposta