Mais alguns bons resultados no Regional lisboeta

0
190

Depois do recorde nacional sub’23 de Gerson Baldé, que passou 2,21 no salto em altura da 1ª jornada, o segundo dia do Regional lisboeta de pista coberta, realizado no CAR do Jamor, teve mais alguns bons resultados, a começar pelos 17,16 de Auriol Dongmo (Sporting) no peso (realizado ao ar livre), derrotando a sua companheira de equipa Jéssica Inchude (16,17). No setor masculino, destaque para o recorde pessoal de Gonçalo Uva (agora no ACR Srª Desterro), com 4,80 na vara, mais quatro centímetros que a sua marca (também em pista coberta) de 2019; e para os 6,96 de André Prazeres (Benfica) nos 60 metros. No setor feminino, Leonor Ferreira (Maratona) foi a vencedora dos 60 m, com 7,78, subindo a oitava juvenil de sempre.

No primeiro dia, para além dos 2,21 de Gerson Baldé e dos 2,15 de Paulo Conceição e Victor Korst, destaque para os 2,09 do ainda júnior Gonçalo Veloso, Benfica (a um centímetro do seu melhor em pista coberta), e para os resultados do peso (ao ar livre): Francisco Belo (Benfica) lançou a 20,29 e 20,19; Tsanko Arnaudov (Benfica) a 19,59 e ainda 19,49 e 19,45; e Daniel Santiago (J. Vidigalense) a 16,09. Carlos Veiga (SC Braga) chegou a 15,76 no triplo e, nas barreiras, Rasul Dabo (Sporting) conseguiu 8,01 (na eliminatória) e 8,02 (na final) e Olímpia Barbosa (Sporting) fez duas vezes 8,35.

Coletivamente, o Benfica ganhou no setor masculino, mas com os mesmos pontos do Sporting (58), enquanto o Sporting dominou no feminino, somando 61 pontos, contra 29 do Benfica.

Deixar Resposta