Mais de 150 desclassificados na Meia Maratona de Valência

1
631

Os batoteiros proliferam um pouco por todo o lado. Agora na recente Meio Maratona de Valência disputada em 27 de Outubro, a Organização desclassificou mais de 150 participantes, ainda que por razões diferentes.

Assim, foram detetados nove que cederam o seu dorsal de maneira ilegal. Mais de 60 foram expulsos por entrarem na meta sem dorsal. E outros 88 foram desclassificados por razões desportivas.

Os nove participantes que cederam o seu dorsal a outra pessoa sem mudar o nome – o que podia ser feito até ao dia anterior da prova – foram notificados de esta questão e têm um prazo para apresentar alegações, se o desejarem. Se essas alegações não forem aceites, essas pessoas poderão não voltar a inscrever-se nem correr qualquer prova organizada pela Organização (SD Correcaminos) durante quatro anos.

Os 88 desclassificados foram-no por terem partido mas abandonado a prova por lesão ou que não passaram por todos os controlos existentes durante o percurso. Mas cortaram a meta!

Também foram eliminados da classificação os que entraram fora do tempo limite para completar a prova. Com tudo isto, a classificação final apresenta 15.352 participantes.

1 Comentário

  1. Em Portugal há um grande fenómeno…que é os atletas (alguns até da chamada elite) que fazem o seu treino no trajecto da prova.. afectando e usando abastecimentos de quem se inscreveu.

Deixar Resposta