Mais de cem casos de suspeita de doping russo

0
798

A Agência Mundial Antidoping (WADA) revelou nesta quarta-feira que está a analisar mais de 100 casos suspeitos de doping relativos a atletas russos. Estas amostras foram recuperadas recentemente junto ao laboratório de Moscovo que era a referência do país em análises destes casos antes da suspensão imposta pela WADA.

Os números foram revelados pelo próprio presidente da entidade, Craig Reedie. Ele afirmou que existe um “pacote de evidências” para as entidades desportivas analisarem com a maior prioridade.

Segundo ele, somente “casos suspeitos” serão fornecidos para uma investigação aprofundada. Reedie disse ainda que há mais de 100 arquivos, que podem converter-se numa “primeira onda de fortes casos em que suspeitamos em que há batota”.

Os dados e as amostras foram recolhidos neste ano no laboratório de Moscovo, cobrindo um período que teve início em 2015, justamente a época em que as autoridades russas são acusadas de encobrir casos positivos de doping.

Segundo Reedie, todos os “casos prioritários” serão investigados até final do ano.

Deixar Resposta