Maratona de Londres/Triunfos de Eliud Kipchoge e Vivian Cheruiyot

0
2652

Calor e andamentos suicidas na primeira metade deixam vencedores longe dos recordes mundiais

Dos cerca de 386 mil candidatos, apenas cerca de 50 mil tiveram direito a uma manhã de festa em Londres. Primeiro, partiram as cadeiras de rodas, depois os deficientes. Seguiu-se a elite feminina com cinco “lebres” do sexo masculino e finalmente a elite masculina com o grosso do pelotão.

londresA prova decorreu em andamentos muito elevados para recorde do mundo, com os atletas a pagarem a fatura na segunda metade do percurso. Os primeiros passaram aos 5 km em 13.48, aos 15 km em 43.05 e à meia maratona em 1h01m (!) ainda com cinco atletas na frente e aos 25 km em 1.12.36. O muito calor que fez sentir e o cansaço acumulado foi mais forte na parte final do percurso. O queniano Eliud Kipchoge e o etíope Tola Kitata isolaram-se dos seus adversários com Kipchoge a desferir um forte ataque à 1h52m. Aos 40 km, o queniano passou em 1.57.35, com o etíope a 11s e o britânico Mo Farah que vinha isolado, a 1.35.

KipchogeEstes três atletas mantiveram as posições na meta com Kipchoge a terminar em 2.04.27, com 33 segundos de avanço do etíope Tola Kitata e 2m05s do britânico Mo Farah. Este conseguiu finalmente bater o recorde da Grã-Bretanha que vinha desde 1985 com 2.07.13, marca obtida por Steve Jones em Chicago. A grande desilusão terá sido o etíope Bekele, apenas sexto com 2.08.53.

Vivian Cheruiyot vence com recorde pessoal de mais de cinco minutos!

Na prova feminina, a queniana Mary Keitany e a etíope Tirunesh Dibaba cedo se isolaram com a proteção de três das cinco “lebres”. Os primeiros 5 km foram percorridos em 15.46, com dez segundos de avanço de Brigid Kosgei e Gladys Cherono.

Keitany e Dibaba estavam a correr para recorde do mundo mas pagaram caro a ousadia. Dibaba descolou logo da sua rival aos 50 minutos de prova. Aos 30 km, Keitany levava 52 segundos de avanço da etíope que pouco depois, começou a alternar a corrida com a marcha e foi ultrapassada pela queniana Vivian Cheruiyot.

VIVIAN-CHERUIYOTAos 35 km, Keitany ainda era primeira em 1.54.36 mas já com escassos 12 segundos de avanço de Cheruiyot que a ultrapassou aos 1.56.30. Esta caminhou decidida para a meta que foi cortada em 2.18.31, com um recorde pessoal de mais de cinco minutos!

Entretanto, Keitany arrastou-se até à meta, sendo primeiro ultrapassada por outra queniana, Brigid Kosgei, às 2.07 e acabando por cair para o quinto lugar, a quase seis minutos da vencedora!

Kosgei foi segunda com 2.20.13 e Bekele que ainda conseguiu recuperar da crise tida pouco depois dos 30 km, fechou o pódio com 2.21.30.

Nas cadeiras de rodas, venceram o britânico David Weir em 1.31.15 e a australiana Madison de Rozario em 1.42.58/

RESULTADOS

MASCULINOS
1 ELIUD KIPCHOGE (KEN) 02:04:27
2 TOLA SHURA KITATA (ETH) 02:05:00
3 MO FARAH (GBR) 02:06:32
4 ABEL KIRUI (KEN) 02:07:07
5 BEDAN KAROKI (KEN) 02:08:34
FEMININOS
1 VIVIAN CHERUIYOT (KEN) 02:18:31
2 BRIGID KOSGEI (KEN) 02:20:13
3 TADELECH BEKELE (ETH) 02:21:30
4 GLADYS CHERONO (KEN) 02:24:10
5 MARY KEITANY (KEN) 02:24:27

 

Deixar Resposta