Maratonista queniano suspenso por acusar estricnina!

0
78

O maratonista queniano Felix Kirwa foi suspenso ontem por nove meses, depois de ter acusado estricnina num controlo antidoping.

A estricnina é um tóxico que pode ser utilizada contra os roedores mas também um produto estimulante utilizado em pequenas doses.

A Unidade para a Integridade no Atletismo (AIU) declarou que Kirwa será suspenso até 14 de Novembro e desqualificado da maratona de Singapura onde foi segundo em Dezembro último.

Kirwa explicou que o nível de estricnina encontrada na sua análise tem a ver com o facto de ele consumir plantas medicinais. A estricnina figura na lista dos produtos interditos pela Agência Mundial Antidoping. No final do séc. XIX, início do séc. XX, esta substância era já utilizada em pequenas doses para melhorar as perfomances desportivas ou como pequeno prazer.

Deixar Resposta