Marchadora Maria Guadalupe recorre ao TAS da suspensão por doping

0
1226

A mexicana Maria Guadalupe Gonzalez anunciou sexta-feira que recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto da suspensão imposta pela Unidade de Integridade de Atletismo (AIU) por ter tomado um esteróide anabolizante.

A campeã mundial e vice-campeã olímpica dos 20 km marcha, tinha sido suspensa há duas semanas por quatro anos. Em sua defesa, Maria Guadalupe argumentou que terá comido carne contaminada com um esteróide anabolizante, o trenbolone, depois de lhe ter sido diagnosticada uma anemia. Mas a AIU respondeu que a dose foi muito elevada para ser devida a carne contaminada, para além de numerosas contradições e inverosimilhanças das suas explicações e utilização de vários documentos falsos.

Deixar Resposta