Marchadores João Vieira e Inês Henriques terceiros na Taça da Europa

0
211

João Vieira e Inês Henriques classificaram-se em terceiro lugar nas provas de 50 km marcha da Taça da Europa de Marcha que se está a realizar em Alytus, na Lituânia. Ele, aos 43 anos de idade (!), foi surpreendente, ela esteve menos bem que nas últimas provas na distância e acabou por perder o recorde da Europa para a estreante italiana Eleonora Georgi, que andou sempre na frente e gastou 4h04m50s, contra as 4.05.56 de Inês Henriques, ex-recorde mundial.

inês Henriques 1A atleta portuguesa, já veterana (39 anos), andou na 2ª posição até meio da prova mas acabou por ceder face à espanhola Julia Takacs, que bateu o recorde nacional e também fez melhor que o anterior máximo europeu, ao gastar 4.05.46. Inês Henriques fez 2.04.43+2.09.12 em cada metade (25 km) da prova, mas cedeu apenas nos últimos 10 km. Gastou por cada dupla-légua 50.06+49.45+49.47+50.46+53.33.

Agradável a estreia de Mara Ribeiro, 12ª com 4.27.14, com uma prova equilibrada: 2.13.53+2.13.21 por cada metade. Classificaram-se 26 atletas, desistindo três e sendo desclassificada uma.

João Vieira fez uma prova em crescendo, terminando com 3h46m38s, o seu terceiro melhor tempo de sempre, depois do recorde pessoal de 3.45.17 em 2012 e das 3.45.28 no Mundial de 2017. Passou a meio (25 km) em 5º e gastou 1.54.50+1.51.48 por cada metade. Era apenas 16º aos 10 km e 6º aos 20 km, subindo a terceiro apenas depois dos 40 km. Gastou por cada 10 km sucessivamente 46.45+45.36+45.00+44.33+44.44. Ganhou na parte final ao polaco Artur Brzozowski, que gastou mais quatro segundos (3.46.42).

O francês Yohan Diniz, campeão mundial e europeu, já com 41 anos, soma e segue, batendo o recorde da Taça da Europa, com 3.37.43, depois de liderar toda a prova, fazendo a segunda metade mais rápida (1.47.49) que a primeira (1.49.54). Seguiu-se-lhe o bielorusso Dzmitry Dziubin, com 3.45.51. O veteraníssimo (49 anos) espanhol Jesus Angel Garcia foi 15º com 3.57.51. Classificaram-se 31 atletas mas desistiram nada menos de 13 (uma desclassificação).

Nas provas de juniores (10 km), ganhas pelo italiano Riccardo Orsoni (42.43) e pela turca Meryem Bekmez (45.37), Ruben Santos foi 25º com 47.45 (entre 33 concorrentes) e Joana Pontes 12ª com 50.07 (31 concorrentes).

As provas de 20 km realizam-se esta tarde (hora do almoço em Portugal).

Deixar Resposta