Mariana Machado bateu recorde júnior de… Fernanda Ribeiro

0
2401

A bracarense Mariana Machado bateu esta sexta-feira o recorde nacional de juniores de 1500 m, ao correr a distância no Meeting Ibero-Americano, em Huelva, em 4.13,31. O anterior recorde, que datava de 1987 (há 31 anos!), pertencia a Fernanda Ribeiro, com 4.14,9. Curiosamente, Mariana Machado fez menos quatro centésimos que o recorde pessoal da mãe, Albertina Machado, que conseguiu 4.13,35 igualmente em 1987, já como sénior. Mariana, que tinha como recorde pessoal 4.21,77, progrediu quase oito segundos e meio. Foi 9ª na prova, enquanto Patrícia Silva foi 11ª com 4.17,90 (progressos de mais de seis segundos), sendo agora a quinta júnior nacional de sempre.

Outras portuguesas em foco neste meeting foram Salomé Afonso, que progrediu de 2.06,05 para 2.04,90 nos 800 m (foi 8ª) e subiu a 11ª portuguesa de sempre; Jéssica Inchude, que lançou o peso a 16,79 (foi 4ª), a sua quarta marca de sempre; Cátia Azevedo, segunda nos 400 m com 52,31, a dois centésimos das suas melhores marcas do ano (triunfou a italiana Libania Grenot, em 51,81).

No setor masculino, destaque para Diogo Mestre, vencedor da série B de 400 m barreiras e que progrediu de 51,42 para 50,88, sendo já o 10º português de sempre (derrotou o venezuelano do Benfica, Lucirio Garrido, 51,67, enquanto o cabo-verdiano Jordin Andrade, do Sporting, foi 4º na série principal com 49,39). Dois jovens em grande plano: nos 800 m, Marcelo Pereira (2º na série B) melhorou de 1.49,99 para 1.49,51 e é já o 8º júnior de sempre… mantendo-se no escalão em 2019; nos 400 m, Mauro Pereira foi 5º com 47,68 (tinha 48,31 como melhor) e é já o segundo português do ano, a seguir a Vítor Ricardo dos Santos; nos obstáculos, Luís Miguel Borges foi 18º com 8.39,23, a menos de um segundo do seu recorde pessoal (8.38,40) e “batendo” o mínimo B para o Europeu de Berlim (8.40,00), que André Pereira também já tem com… menos quatro centésimos (8.39,19); finalmente, nos 5000 m, Eduardo Mbengani (10º) conseguiu a melhor marca nacional do ano (13.47,82) – embora ainda aquém dos 13.35,29 de 2010, e Rui Pinto bateu por 11 segundos o seu recorde pessoal, ao ser 11º com 13.48,80.

Resultados dos atletas portugueses (e estrangeiros de clubes portugueses):

MASCULINOS:

400 m – 5º Mauro Pereira SLB 47,68.

800 m (série B): 2º Marcelo Pereira NAT 1.49,51; 4º Sandy Martins SCP 1.50,07; 8º Miguel Moreira SCP 1.51,50.

1500 m (série B): 1º Paulo Rosário SCP 3.43,68; 5º Paulo Pinheiro SCP 3.44,67; 12º Hugo Ganchas SLB 3.48,42; 14º Samuel Freire SLB 3.51,11. Série C: 4º Isaac Nader SLB 3.49,20; 6º Ruben Sousa SCP 3.49,82.

5000 m – 10º Eduardo Mbengani SLB 13.47,82; 11º Rui Pinto SLB 13.48,80; 19º Hermano Ferreira SLB 14.41,62.

3000 obst. – 18º Luís Miguel Borges SLB 8.39,23.

400 bar. – 4º Jordin Andrade (CBV) SCP 49,39. Série B – 1º Diogo Mestre SLB 50,88; 2º Lucirio Garrido (VEN) SLB 51,67.

Comprimento – 4º Bruno Costa SCP 7,48 (v:+2,0).

FEMININOS:

400 m – 2ª Cátia Azevedo SCP 52,31. Série B: 1ª Dorothé Évora SCP 54,58.

800 m – 8ª Salomé Afonso SCP 2.04,90.

1500 m – 9ª Mariana Machado SCB 4.13,31; 11ª Patrícia Silva SLB 4.17,90. Série B: 2ª Carla Mendes JV 4.22,92; 12ª Susana Godinho SCP 4.30,80; 14ª Beatriz Rodrigues SCP 4.31,78.

3000 obst. – 13ª Laura Taborda CCDLF 11.10,47.

Triplo – 5ª Susana Costa AFR 13,35 (0,0); 10ª Lucinda Gomes SCP 11,23 (+0,7).

Peso – 4ª Jéssica Inchude SCP 16,79.

Deixar Resposta