Marisa Carvalho na final das barreiras foi exceção em dia negativo de Europeu júnior

0
2221

Marisa Carvalho ficou apurada para a final dos 100 m barreiras do Europeu de Juniores no 2º dia da competição que se está a realizar em Grosseto (Itália), com a segunda marca entre as oito finalistas: 13,51, a dez centésimos do seu recorde pessoal. Foi o ponto alto de um dia que teve a presença de 16 atletas nacionais mas com saldo negativo, já que se sucederam as classificações modestas. E, como corolário, registou-se a desclassificação de Catarina Fernandes nos 800 metros do heptatlo, impedindo-a de conseguir um agradável recorde pessoal.

As esperanças portuguesas estavam (estão) centradas em Marisa Carvalho, que confirmou as expetativas, fazendo uma excelente meia-final de 100 m barreiras, sendo segunda na sua série com 13,51, apesar do vento contrário de 1,4 m/s. Partirá para a final deste sábado (às 15.55 h portuguesas) com o segundo tempo entre as oito finalistas, embora haja que levar em linha de conta o forte vento contrário das duas outras séries (-2,3 e -2,4 m/s).

Catarina Fernandes estava a fazer um bom heptatlo e, depois dos dois recordes pessoais da 1ª jornada (e de um terceiro igualado), melhorou o do dardo (de 29,68 para 32,63). No comprimento, com 5,60, ficou a 13 cm do seu melhor. Partiu para a última prova com um avanço de 87 pontos relativamente ao seu recorde pessoal. No entanto, confundiu-se com as indicações do júri e em vez de fazer a primeira curva dos 800 m na sua pista (a 2), meteu logo à “corda” e acabou naturalmente desclassificada (ainda voltou à sua pista, ao ver as outras atletas, mas já era tarde…). Acabou por ir parar ao 25º lugar (último entre as pontuadas), quando teria sido 20ª sem o problema nos 800 m.

Dos restantes atletas que competiram, as únicas notas salientes vão para a passagem às meias-finais de Catarina Lourenço nos 200 m, com recorde pessoal igualado (24,54), apesar do vento contrário de 1,9 m/s (foi a última repescada por tempos entre as 24 semifinalistas); e para o recorde pessoal de Manuel Dias nos 400 m barreiras, de 53,72 para 53,51. Isso não impediu que ficasse fora das meias-finais (precisava de 52,81), na 19ª posição entre os 26 concorrentes. Quem mais perto ficou do apuramento foram Tiago Gonçalves, com o mesmo tempo (21,92) do 24º e último apurado para as meias-finais dos 200 m (os milésimos decidiram…); Mariana Machado (4.28,60) e Rita Ribeiro (4.28,91), com os 15º e 16º tempos dos 1500 m (a 12ª e última apurada para a final gastou 4.26,30); e Ana Fernandes, 15ª no martelo com 51,44, a cerca de metro e meio do apuramento para a final (12 atletas), conseguida com 52,91.

Classificações e marcas dos restantes portugueses: 100 bar. – 8ª Catarina Queirós 14,73 (38ª na geral); 110 bar. – 5º Diogo Guerra 14,85 (36º) e 6º Miguel Pereira 15,02 (37º); 800 m – António Moura 1.55,44 (33º); 400 bar. – 7ª Rafaela Hora 62,04 (25ª); 800 m – 6ª Patrícia Silva 2.12,43 (16ª) e 7ª Beatriz Rodrigues 2.14,45 (19ª); 3000 obst. – 9º David Tavares 9.23,16 (16º).

Na 3ª jornada do Europeu, este sábado, para além de Marisa Carvalho na qualificação do comprimento (de manhã) e na final das barreiras (à tarde), e de Catarina Lourenço na meia-final de 200 m (igualmente à tarde), apenas competirão os três portugueses que restam: os triplistas Pedro Pinheiro, Júlio Almeida e Denil Baia. No domingo, serão as estafetas 4×100 metros.

OS PORTUGUESES NO EUROPEU:

PROVAS ATLETAS ELIM./QUAL. MEIAS-FINAIS FINAIS LUG. CONC.
100 m Wilson Pedro 5º-10,81/+0,2 5º-10,78/-1,8 16º 33
João Esteves 6º-10,82/-0,5 7º-10,78/+0,3 16º 33
200 m Tiago Gonçalves 5º-21,92/-1,7 26º 32
800 m António Moura 6º – 1.55,44 33º 34
1500 m Ruben Sousa 12º – 3.54,08 24º 28
10000 m Filipe Vitorino 6º – 31.44,98 11
3000 ob David Tavares 9º – 9.23,16 16º 22
110 bar. Diogo Guerra 5º-14,95/-1,5 36º 41
Miguel Pereira 6º-15,02/.1,5 37º 41
400 bar. Manuel Dias 6º – 53,51 19º 26
Comp. Denil Baia 25º-6,62/+0,3 25º 26
Triplo Pedro Pinheiro
Júlio Almeida
Denil Baia
Martelo Ruben Antunes 19º – 61,28 19º 25
4×100 m Sel. Nacional
200 m Catarina Lourenço 5ª-24,54/-1,9 39
800 m Patrícia Silva 6ª – 2.12,43 16ª 20
Beatriz Rodrigues 7ª – 2.14,45 19ª 20
1500 m Mariana Machado 7ª – 4.28,60 15ª 28
Rita Ribeiro 9ª – 4.28,91 16ª 28
100 bar. Marisa Carvalho 1ª-13,78/-0,5 2ª-13,51/-1,4 38
Catarina Queirós 8ª-14,73/+0,1 38ª 38
400 bar. Rafaela Hora 7ª – 62,04 25ª 30
Comp. Marisa Carvalho
Triplo Suzana Cruz 28ª-11,72/+0,3 28ª 28
Disco Micaela Sereno 28ª – 38,80 28ª 32
Martelo Ana Fernandes 15ª – 51,44 15ª 18
Dardo Cláudia Ferreira 14ª – 47,33 14ª 22
10 km M Carolina Costa 11ª-50.29,74 11ª 22
Inês Reis 16ª-52.15,00 16ª 22
Heptatlo Catarina Fernandes 25ª – 4494 25ª 27
(14,34-1,72-11,35-25,85+5,60-32,63-dcl.)
4×100 m Sel. Nacional

Deixar Resposta