Marta Dominguez quer seguir carreira policial

0
2188
Marta Domínguez chegou a ser presa por envolvimento com doping

A espanhola Marta Dominguez, que esteve envolvida em esquemas de doping, agora tenta ser uma defensora da lei. Ela chegou a ser presa, mas hoje o seu principal objetivo é seguir a carreira policial.

As suas especialidades eram os 3.000 e os 5.000 metros, onde foi campeã europeia e mundial. Disputou ainda os Jogos Olimpicos de 1996 e 2000. Ausente no ciclo seguinte por lesão, voltou aos Jogos em 2008, desta vez nos 3.000m com obstáculos.

Mais tarde, Marta Domínguez foi uma das 13 pessoas consideradas culpadas num grande escândalo de doping.

Em Dezembro de 2010, ela foi presa devido à sua participação no esquema. Documentos e medicamentos encontrados na sua casa a ligavam às trapaças. Resultado: três anos de suspensão e a anulação de todos os títulos e resultados obtidos entre 2009 e 2013.

Marta Domínguez pagou a sua fiança e foi libertada. Menos de um ano depois, ela era eleita senadora pelo Partido Popular. Como a Justiça entendeu que não houve dolo no seu envolvimento com o doping, a atleta ficou livre para exercer o cargo político.

A mesma lógica é a que permite agora a Marta tentar uma nova função na sua vida: a de polícia. Ela já passou por testes físicos e está em vias de encarar a próxima fase para se tornar inspetora na Espanha. Conhecida nos tempos de atleta por usar na cabeça uma faixa rosa feita por sua avó, a ex-atleta agora sonha vestir um novo uniforme.

Deixar Resposta