Meeting Bislett Games em Oslo muda de nome para “Impossible Games”

0
154

Se os meetings de Eugene e Paris foram adiados, o mesmo não se passa com o meeting de Oslo previsto para 11 de Junho. Denominado de Bislett Games, ele vai mudar de formato e chamar-se “Impossible Games”.

Será uma competição sem público, transmitido pela televisão, com caráter de exibição e com a participação de poucos atletas, alguns de forma bem original.

Financiados pela World Athletics em 50.000 dólares e pela Federação norueguesa, o Estádio Bislett vai ter a presença do norueguês Karsten Warholm que vai tentar bater o recorde mundial dos 300 m barreiras (34,48 s de Chris Rawlison).

Também estará presente o sueco Armand Duplantis que enfrentará em direto o norueguês Guttormsen e por vídeo interposto, o francês Renaud Lavillenie, que saltará na sua casa, próximo de Clermont Ferrand.

Uma atleta norueguesa, Karoline Grovdal, atacará sozinha, o recorde do seu país dos 3.000 m que pertence à histórica Grete Waitz.

O campeão mundial do disco, o sueco Daniel Stahl, lançará frente a outros rivais. Sempre respeitando espaços e distâncias de segurança.

A Organização ainda não tem definidos todos os pormenores deste meeting original e está negociando com os irmãos Ingebrigtsen, para a sua participação numa prova.

Sebastian Coe, presidente de World Athletics, vê este evento com bons olhos: “Esta é uma notícia realmente positiva para o desporto, mesmo nesta fase inicial. Felicito a Organização por sonhar isto e ter feito um trabalho dentro das diretrizes da pandemia estabelecidas na Noruega”.

Deixar Resposta