Melhores tempos do mundo na estrada em 2017

0
1704

Domínio africano desde os 10 km à maratona. O norueguês Sondre Nordstad Moen é o único europeu a aparecer na lista dos melhores nas três distâncias

A revista Distance Running da IAAF divulgou a lista dos melhores tempos mundiais no ano passado da maratona, meia maratona e 10 km.

Sem surpresas, encontramos um domínio esmagador dos atletas africanos. Eis uma breve análise dos dados publicados com base dos 50 primeiros:

Maratona em masculinos

– Domínio absoluto dos africanos com 35 quenianos, 12 etíopes e um ugandês. Sobraram dois lugares para um norueguês (13º) e um japonês (48º). E se formos analisar os 100 primeiros, temos 63 quenianos e 27 etíopes com apenas mais um europeu, um holandês nascido na Somália.

MoenO mais rápido foi o queniano Eliud Kipchoge com 2.07.42 em Berlim. O 50º foi outro queniano, Benson Kipruto com 2.07.21. O norueguês Sondre Nordstad Moen é o melhor europeu com 2.05.48 em Fukuoka, record europeu na distância.

– A Holanda é o país com mais maratonas onde se obtiveram os melhores tempos. Amesterdão teve seis tempos, Roterdão e Eindhoven tiveram quatro. Berlim e Seoul tiveram cinco. Paris e Valência também tiveram quatro.

Maratona em femininos

– Mantém-se o domínio africano com 25 etíopes e 19 quenianas nos primeiros 50 lugares. A primeira não africana surge em 11º lugar e foi a norte-americana Jordan Hasay com 2.20.57.

A mais rápida foi a queniana Mary Keitany com 2.17.01 em Londres. A 50ª foi a etíope Helen Bekele com 2.25.04 em Barcelona.

Não há uma única europeia nos 50 primeiros lugares. Jéssica Augusto é a melhor europeia no 59º lugar com 2.27.58. E a segunda é outra portuguesa, Carla Salomé Rocha que surge no 84º lugar com 2.27.08.

Paris tem a maratona com mais tempos até ao 50º lugar, precisamente com cinco. Seguem-se com quatro tempos, Shangai, Chicago e Berlim. Londres tem três.

Meia Maratona em masculinos

Mantém-se o domínio africano mas mais repartido. O Quénia tem 29 atletas e a Etiópia, “apenas” nove. Nos 50 melhores, temos três europeus, dois do Bahrein, um norte-americano e um neo-zelandês.

Temos 29 marcas abaixo da hora. O mais rápido foi o barenita Abraham Cheroben com 58.40, em Copenhaga. O 50º foi o queniano Solomon Kirwa com 1.00.16. O norueguês Sondre Moen é o melhor europeu no 15º lugar com 59.28 em Valência.

Nova Delhi tem com sete, a meia maratona com mais tempos até ao 50º lugar. Segue-se Ras Al Khaimah, nos Emiratos Árabes Unidos, com seis.

Portugal também aparece representado com quatro tempos, dois em Lisboa (19 Março) e outros dois no Porto (17 Setembro).

Meia Maratona em femininos

joyciline-jepkosgeiDomínio das africanas pois claro! Temos 32 quenianas e 10 etíopes nos 50 primeiros lugares. Sobram cinco barenitas (africanas naturalizadas) e três norte-americanas. A queniana Joyciline Jepkosgei detém o melhor tempo com 1.04.51 em Valência. A primeira não africana surge em 8º lugar e foi a barenita Jepchumba com 1.06.06. A primeira europeia foi a sueca Sarah Lahti em 92º lugar com 1.09.58.

As meias maratonas com mais tempos (6) até ao 50º lugar são as de Ras Al Khaimah, Praga e Copenhaga. Seguem-se Nova Delhi com cinco e Valência com quatro.

10 km em masculinos

A revista apresenta ainda a lista, menos extensa, dos melhores nos 10 km. Nos primeiros 20, temos 17 africanos, dos quais 15 quenianos. O queniano Benard Kimeli foi o mais rápido com 27.10 em Praga. O primeiro não africano é o neo-zelandês Jake Robertson com 27.55 em Nova Orleans. O norueguês Sondre Moen é o único europeu com 27.55 em Praga.

Praga com oito tempos, lidera de longe a cidade com melhores marcas na distância. A seguir, surge Berlim com três.

10 km em femininos

19 africanas nas 20 melhores marcas! 15 quenianas e quatro etíopes. A única que não é africana é a norueguesa Karoline Grovdal que surge em 18º lugar com 31.25 em Hole. A mais rápida foi a queniana Joyciline Jepkosgei com 29.43 em Praga.

Praga com cinco tempos e Tilburg (Holanda) com três, são as provas mais representadas nesta lista.

Recordes mundiais

Maratona masc. Dennis Kimetto Quénia 2.02.57 Berlim 2014
Maratona fem. Paula Radcliffe Grã-Bretanha 2.15.25 Londres 2003
1/2 Maratona masc. Zerzenay Tadese Etiópia 58.23 Lisboa 2010
1/2 Maratona fem. Joyciline Jepkosgei Quénia 1.04.51 Valência 2017
10 km masc. Leonard Komon Quénia 27.55 Utrech 2010
10 km fem. Joyciline Jepkosgei Quénia 29.43 Praga 2017

Deixar Resposta