Ministro russo diz que relação sexual pode falsear um controlo antidoping

0
2376

O vice-primeiro ministro russo responsável pelo desporto, Vitaly Mutko, afirmou que as relações sexuais dos desportistas podem falsear os resultados dos seus controlos antidoping, especialmente nas mulheres. “Se elas tiverem uma relação sexual cinco dias antes de um controlo antidoping, podem encontrar-lhes o ADN masculino dentro de si”.

Na opinião do político russo, os resultados dos controlos também podem ser falseados se o desportista “beijou uma rapariga que tomou drogas. Os estrangeiros são reabilitados segundo esse princípio mas os russos são castigados”, assegurou.

A imagem da Rússia no desporto mundial foi severamente manchada pelo escândalo que viu a equipa de atletismo do país e toda a equipa paralímpica excluída dos Jogos do Rio 2016.

Se o ministro tivesse razão e dado o elevado número de casos de doping detetados nos russos, é caso para dizer que eles eram os campeões mundiais do sexo!

 

Deixar Resposta