Nacionais de Juvenis foram bem positivos

0
2163

Bastante positivos os Campeonatos Nacionais de Juvenis, realizados em Vagos. Para além de três recordes nacionais e 10 melhores marcas nacionais do ano, há a registar o facto de 29 dos vencedores terem feito melhor que os campeões de 2017 contra apenas 12 piores (e um igual). Houve equilíbrio na superioridade dos dois sexos: 15-6 em masculinos e 14-6 em femininos (1 igual). Já em relação aos terceiros classificados, o setor masculino continuou positivo (vantagem de 2018 por 13-7, com uma igual), enquanto no feminino houve igualdade 10-10 (uma marca considerada semelhante devido à influência do vento).

As grandes figuras do campeonato foram naturalmente os recordistas. Juliana Guerreiro, com 43,28 nos 300 m barreiras, superou um dos recordes de Marisa Carvalho (43,49). E Etson Barros, que no campeonato de 2017 batera o recorde de 2000 m obstáculos com 5.57,32, melhorou agora para 5.46,11, marca que supera mesmo o último recorde juvenil com os obstáculos de 76 cm (5.52,67 em 2009). Os obstáculos passaram para 84 cm em 2013 e o recorde recomeçou então do zero. Outro recorde batido foi o dos 4×100 m femininos, através de uma equipa nacional que participou extra e gastou 46,89, bem menos que os 47,46 de uma outra equipa nacional em 2009. Com esta marca, a equipa ganhou direito a participar no Europeu de Gyor. Aos 17 atletas já com mínimos, juntou-se este fim-de-semana Bárbara Bica, que lançou o dardo a 46,54. E desses 17, apenas Rogério Amaral ficou longe da vitória (foi 10º nos 1500 m). Todos os outros ganharam, exceto Pedro Vilas-Boas (800 m) e Maria João Barbosa (100 m), tapados nas suas provas pelos campeões João Peixoto e Beatriz Andrade.

Houve cinco atletas a ganharem dois títulos individuais cada: Tomás Gonçalves (100 e 200 m), João Peixoto (800 e 1500 m), Pedro Buaró (altura e vara), Tomás Coelho (disco e martelo) e Beatriz Andrade (100 e 200 m). Destaque muito especial para esta última, cujas marcas aos 100 m (11,82) e 200 m (24,63) a colocam já como 3ª e 4ª juvenil de sempre, respetivamente.

Há uma atleta que conquistou o título nacional do dardo pelo 3º ano consecutivo: Bárbara Bica (dardo). E 10 outros que mantiveram os títulos de 2017: Tomás Gonçalves nos 200 m (foi ainda campeão de 300 m em 2017 e de 100 m este ano); Etson Barros nos obstáculos; Pedro Buaró na vara; Mamadu Jaló no comprimento; Tomás Rodrigues no peso; Lia Lemos nos 3000 m (falhou o “bis” nos 1500 m ao ser segunda); Juliana Guerreiro nos 300 m barreiras; Carlota Gonçalves na vara; Eduarda Ferreira no triplo; e Mariana Bento no heptatlo. Todos eles subirão a juniores em 2019.

Dos campeões deste ano, apenas cinco se manterão como juvenis em 2019: Moisés Faria (dardo), João Oliveira (decatlo), Ana Costa (300 m), Inês Borba (1500 m) e Eva Gonçalves (disco). Mas nos pódios estiveram numerosos atletas que continuarão juvenis: 11 em segundos lugares (mas apenas um rapaz!); 18 em terceiros. Destes, destaque para os ainda iniciados Beatriz Pereira (2ª nos 800 m e que só será juvenil em 2020!), a angolana Ashley Nhunga (2ª nos 100 m barreiras), Elena Furk (2ª na altura), o norte-americano Jonathan Rosa (3º nos 800 m), David Pereira (3º no peso), Pedro Dias (3º na marcha), Beatriz Rios (3ª nos 1500 m), Sofia Lavreshina (3ª no triplo), Inês Mendes (3ª na marcha) e Letícia Lopes, outra iniciada de 1º ano (3ª no peso).

Uma curiosidade final: os três terceiros lugares das gémeas Luísa (100 m) e Carmo Juiz (200 e 300 m), atletas do Maratona, ainda juvenis de 1º ano.

CAMPEÕES NACIONAIS DE JUVENIS

MASCULINOS PROVAS FEMININOS
Tomás Gonçalves AACC 10,88v 100 m Beatriz Andrade SCUT 11,82
Tomás Gonçalves AACC 22,19 200 m Beatriz Andrade SCUT 24,63
Omar Elkhatib CAOB 35,31 300 m Ana Costa BFC 39,79
João Peixoto SCB 1.56,43 800 m Edna Bernardino GDSD 2.15,59
João Peixoto SCB 4.06,75 1500 m Inês Borba VFC 4.37,37
Henrique Neves ARLVG 8.49,03 3000 m Lia Lemos MAC 9.58,41
Etson Barros COP 5.46,11 2000 ob. Bárbara Neiva SAF 7.07,03
Pedro Matos CCDR 14,64 110/100b Sara Moreira C+SL 14,32
Bernardo Moreira CAP 39,48 300 bar Juliana Guerreiro CBfF 43,28
Pedro Buaró GDE 1,98 altura Ana Leite C+SL 1,61
Pedro Buaró GDE 4,70 vara Carlota Gonçalves UFCT 2,98
Mamadu Jaló ADNL 6,91v comp. Margarida Figueiredo SVB 5,59
Rafael Sacramento UCE 13,76 triplo Eduarda Ferreira JV 11,71
Tomás Rodrigues SCP 15,55 peso Carolina Fernandes SUOV 13,46
Tomás Coelho QFC 46,00 disco Eva Gonçalves NAC 38,14
Tomás Coelho QFC 53,85 martelo Mariana Pestana ACDSJ 56,96
Moisés Faria GDE 56,36 dardo Bárbara Bica CSG 46,54
João Bernardo PCC 23.06,63 5000m M Catarina Santos SCP 25.38,20
João Oliveira SAF 6020 dec/hept. Mariana Bento SCP 4994
SL Benfica SLB 43,99 4x100m Juv. Vidigalense JV 49,61
SL Benfica SLB 2.04,20 est. medley SC Braga SCB 2.22,00

Deixar Resposta