Naide Gomes ganha medalha de bronze nove anos depois por doping da russa Lebedeva

0
1651

A russa Tatiana Lebedeva viu anulados os seus resultados entre 2008 e 2010 devido a doping, perdendo assim as medalhas conquistadas no salto em comprimento e triplo salto.

Lebedeva foi suspensa por consumir uma substância proibida, Oral Turinabol. A russa que se retirou em 2013 para ser eleita senadora, é considerada uma das melhores saltadoras da história, sendo ainda seu, o recorde mundial do triplo em pista coberta com 15,36 metros.

Uma das beneficiadas com esta suspensão foi Naide Gomes que tinha sido quarta classificada no Mundial de Berlim em 2009, tendo agora direito à medalha de bronze.

Naide Gomes divulgou no Instagram o seu comentário:  “Injusto! Chorei tanto após essa prova, nem imaginam. Após os Jogos Olímpicos de 2008, onde havia falhado a qualificação, jurei que nunca mais iria falhar. Lutei muito com os meus fantasmas em 2009, mas nunca deixei baixar os braços, trabalhei com um único pensamento, ganhar uma medalha nos Mundiais de Berlim. Foi a minha pior competição a nível emocional e fiquei no lugar que ninguém quer: o 4º. Nunca fiz batota, competi sempre limpa, os resultados que alcancei foram o resultado do meu trabalho!”

Deixar Resposta