Nelson Évora passou os 17 metros na Hungria

0
2231

Ao ser segundo no Gyulay Memorial, em Szekesfehérvár, no centro da Hungria, com 17,05 (v:+0,9), Nelson Évora conseguiu a sua melhor marca da época de ar livre, mais um centímetro que em Doha, no início de maio (em pista coberta chegou aos 17,40 que lhe valeram o pódio do Mundial). O atleta sportinguista foi segundo, atrás do norte-americano Christian Taylor, vencedor com 17,64 ventosos (+2,1 m/s) e 17,36 regulares (+1,4). Nelson chegou aos 17,05 no 1º ensaio e teve depois outros válidos a 16,98 e 16,84. O terceiro foi Omar Craddock (EUA), com 16,93 (-0,8).

Registaram-se quatro melhores marcas mundiais do ano neste meeting húngaro: o russo Sergey Shubenkov, com 14,92 nas barreiras, a um só centésimo do recorde europeu de Colin Jackson em 1993; o polaco Wojciech Nowicki, com 81.85 no martelo; Mutaz Barshim (Qatar), com 2,40 na altura (tentou depois 2,46 e não esteve longe de passar…); e a etíope Genzebe Dibaba, com 4.24,29 na milha.

Nelson Évora, que aposta agora no Campeonato de Portugal, no fim-de-semana, em Leiria, prescindirá esta quinta-feira do meeting de Lausana, da Liga de Diamante (onde estará Pedro Pablo Pichardo, que terá Christian Taylor como principal adversário).

Entretanto, na quinta-feira, dia 5, realizar-se-á em Guadalajara (Espanha) um meeting internacional que conta na lista de inscritos com oito portugueses: Hugo Rocha (1500 m), Rasul Dabo (110 bar.), Diogo Mestre (400 bar.), Cátia Azevedo e Dorothe Évora (400 m), Salomé Afonso (800 m), Shaina Mags (triplo) e Liliana Cá (disco).

Deixar Resposta