Nike anuncia circuito de Monza como local ideal para correr maratona abaixo de 2 horas

0
3699

A Nike acredita que o melhor lugar para alguém correr uma maratona abaixo das duas horas é uma pista de Fórmula 1. A pista escolhida foi o circuito de Monza, local do Grande Prémio de Itália da Fórmula 1.

Três homens, incluindo o campeão olímpico de maratona Eliud Kipchoge, do Quénia, darão 17 voltas e  meia em torno da pista  de 1,5 milhas de extensão. O autódromo de Monza será ratificado pela IAAF, mas a tentativa não valerá para a quebra do recorde mundial oficialmente reconhecido, de acordo com o jornal The Guardian.

“A pista será ratificada pela IAAF e atenderá a todos os requisitos de uma maratona, incluindo a distância do percurso medida independentemente, do início até o local de chegada e a elevação do percurso. No entanto, a tentativa real não será um recorde mundial oficialmente reconhecido “, disse o porta-voz da empresa “Acreditamos que isso vai mostrar o potencial para a quebra do recorde e permitir que os futuros tempos oficiais sejam menores.”

Os três corredores testaram recentemente o local numa meia maratona, com Kipchoge a registar o melhor tempo em 59m17s. A Nike disse que a superfície de asfalto do autódromo tem temperatura  (média de 34 graus), vento (2,6 Km por hora) e altitude (600 metros acima do nível do mar) ideais para a prática da corrida.

“Além disso, os céus são geralmente overcast (minimiza a carga de calor nos corredores) e as correntes de ar não exibem mudanças drásticas direcionais – devido à pista estar perfeitamente situada off shore e no meio de muitas árvores”, disse a Nike num comunicado à imprensa.

O recorde mundial de maratona é 2h02m57s, pertence ao queniano Dennis Kimetto, conseguido na Maratona de 2014 em Berlim. O recorde demorou 16 anos para que o tempo de 2h06m05s baixasse das duas horas e três minutos.

A Nike revelou ainda um novo sapato para a tentativa da maratona mais rápida. Segundo a fabricante, os novos sapatos tornam os corredores 4% mais eficientes. De acordo com o jornal The Guardian, a IAAF disse que vai discutir em duas semanas se o sapato é legal para os tempos oficiais.

Perante tudo isto, só nos falta saber uma outra marca de sapatos concorrente, mandou construir uma pista de tartan numa recta com a extensão de 42.195 metros. E já agora, com uns sapatos tendo um motor escondido incorporado!

 

Deixar Resposta