Patrícia Mamona (10ª) aquém dos 14 metros na Liga de Diamante

0
1642

Patrícia Mamona tinha uma tarefa bem difícil entre as 11 participantes na prova de triplo do “Athletissima”, meeting de Lausanne da Liga de Diamante e acabou por não conseguir a qualificação para os três saltos finais ao ser 10ª com 13,94 (v:-0,4), depois de um nulo e 13,75 no segundo ensaio. Todas as outras nove atletas passaram os 14 metros e foram necessários 14,35 para aceder aos três ensaios finais, o que diz bem do alto nível da prova, que contou com a generalidade das melhores triplistas mundiais.

Com 14,82 no 2º ensaio, a venezuelana Yulimar Rojas, campeã mundial, que já passou os 15 metros esta época (15,06), parecia bem lançada para a vitória. Mas a colombiana Caterine Ibarguen, campeã olímpica, que havia começado com um ensaio a 14,57, seguido de três nulos, chegou aos 14,89 (v:0,0) no quinto salto e ganhou. No último salto, ambas fizeram nulo. Destaque ainda para o recorde pessoal da cubana Liadagmis Povea, 3ª com 14,77.

Deixar Resposta