Patrícia Mamona é oitava na despedida de Mo Farah em Birmingham

0
2452

Terminou há momentos o meeting de Birmingham, o primeiro após o Mundial de Londres. Apenas uma portuguesa em competição, Patrícia Mamona que foi oitava no triplo com a fraca marca de 13,47. A portuguesa fez 13,47/13,49/x/x/13,57/13,68.

Numa prova com a maior parte das melhores triplistas que estiveram no Mundial de Londres, os resultados primaram pela mediocridade. Venceu a colombiana Caterine Ibarguen em 14,51, no seu último salto. A campeã mundial, a venezuelana Yulimar Rojas também esteve muito abaixo do seu melhor sendo apenas 7ª com 13,94.

Aliás no geral, os resultados do meeting ficaram distantes dos conseguidos em Londres.

Mo Farah despede-se das pistas com um triunfo nos 3.000 metros

foto-2-mo-farahMo Farah escolheu Birmingham para fazer a sua despedida das pistas e fê-lo com uma vitória na última prova do programa. O britânico passou aos 1.000 metros em 6º, aos 2.000 em 3º e assumiu o comando aos 2.600, terminando em 7.38,64. Seguiram-se-lhe o espanhol Adel Mechaal com 7.40,34 e o queniano Davis Kiplagat com 7.40,63.

Estes tempos ficaram longe do recorde do meeting que pertence ao etíope Kenenisa Bekele em 7.26,69 e da melhor marca da época na posse do queniano Ronald Kwemboi com 7.28,73, fixado em Doha, Maio.

Mutaz Barshim passou 2,40 e bateu recorde do meeting

foto-mutaz-barshimA grande figura do meeting foi Mutaz Essa Barshim (Qatar), que passou 2,35 à primeira e, já vencedor, falhou depois duas tentativas a 2,38 e mandou colocar a fasquia a 2,40 para o 3º ensaio… passando-a! Tem como recorde pessoal 2,42 mas obteve a melhor marca mundial do ano. Acabou por bater o recorde  do meeting que pertencia ao ucraniano Bondarenko com 2,38 desde 2014.

A Liga de Diamante termina com as finais de Zurique, na 5ª feira, e de Bruxelas, no dia 1.

Outros resultados

Masculinos

Martelo- 1º Pawel Fajdek (Polónia) 78,51

Comprimento – 1º Jarrion Lawson (EUA) 8,19

Milha – 1º Jake Wightman (Grã-Bretanha) 3.54,92

800 m – 1º Nijel Amos (Botswana) 1.44,50

100 m – 1º Chijundu Ujah (Grã-Bretanha) 10,08

400 m – 1º Dwayne Cowan (Brã-Bretanha) 45,34

110 m barreiras – Aries Merritt (EUA) 13,29

200 m – Ramil Guliyev (Turquia) 20,17

Peso – Tomas Walsh (Nova Zelândia) 21,83

Femininos

 

3.000 m –Sifana Hassan bate recorde do meeting

foto-sifan-hassanA holandesa Sifan Hassan venceu em 8.28,90 s, novo recorde da Holanda e do meeting que pertencia à irlandesa Sonia O’Sullivan desde 2000 com 8.33,00. A queniana Hellen Obiri, campeã mundial dos 5.000 m em Londres e detentora da melhor marca da época com 8.23,14, foi apenas 4ª com 8.30,21.

 

Martelo – 1ª Joanna Fiodorow (Polónia) 71,14

Salto com vara – 1ª Katerina Sfefanidi (Grécia) 4,75

800 m – 1ª Habitam Alemu (Etiópia) 1.59,60

Disco – 1ª Sandra Petrovic (Croácia) 67,51

400 m barreiras – 1ª Zuzana Hejnova (Rep. Checa) 54,18

100 m – 1ª Elaine Thompson (Jamaica) 10,93. A costa-marfinense vice campeã mundial dos 100 e 200 m, Maria Josée Ta Lou, foi 2ª com 10,97 enquanto a holandesa Dafne Schippers, bronze nos 100 m e ouro nos 200 m, foi apenas 6ª com 11,22.

1.500 m –  1ª Dawit Chebet (Quénia) 4.01,36

400 m – 1ª Eid Salwa Naser (Bahrain) 50,59. A Americana Phyllis Francis, recente campeã mundial, foi apenas 4ª em 51,18 e Allyson Felix, 2ª em 50,63.

Deixar Resposta