Paulo Conceição (2,16) e Jéssica Inchude (17,27) com melhores marcas do ano no Meeting de Lisboa

3
141

(Foto de arquivo)

O Meeting Cidade de Lisboa teve de tudo um pouco, desde animação (por vezes algo exagerada no que toca a barulho…) a alguns bons resultados. Neste caso, destaque, entre outros, para as melhores marcas nacionais do ano conseguidas por Paulo Conceição, que passou 2,16 em altura (falhando depois os 2,20), e Jéssica Inchude, que lançou o peso a 17,27 (e 17,03), já perto do seu recorde nacional de 17,46, conseguido na época passada. No peso masculino, ganho pelo grego Nicholas Scarvelis, com 20,04, Francisco Belo lançou 19,99 e Tsanko Arnaudov 18,41. Irina Rodrigues foi folgada vencedora do disco, com 59,25.

Nas corridas, e para além dos inúmeros estrangeiros ligados a Benfica e Sporting (cada vez mais de semana para semana!…), há a destacar a corrida de 800 m, ganha por Isaac Nader com um recorde pessoal de 1.49,26, logo seguido do júnior Nuno Pereira (1.49,71). Outro júnior, Etson Barros, ganhou, destacado, a série B em 1.51,60. Também no setor feminino houve recorde pessoal para a vencedora, Carla Mendes, com 2.08,12. Patrícia Silva foi segunda, com 2.08,77.

O brasileiro (do Benfica) Mikael Jesus ganhou os 400 m barreiras em 50,12, à frente de Ricardo Lima (52,17 – melhor marca nacional do ano) e do júnior Paulo Soares (52,46 – recorde pessoal). E nos 400 m planos, André Marques (48,24) e Leandro Fevereiro (48,48) também bateram recordes pessoais. Na velocidade, o brasileiro Jonathan Rodrigues ganhou os 100 m (10,49) e os 200 m (21,10), neste caso com Carlos Nascimento, o melhor português, a fazer 21,23 (vento nulo). No setor feminino, Lorène Bazolo ganhou os 200 m com 23,81 (v:+2,7), enquanto Arialis Arguelles ganhou os 100 m com 11,81 (v:+0,8), sendo Patrícia Rodrigues (12,21) a melhor portuguesa. Outra estrangeira (neste caso do Sporting), Assia Naziki, ganhou os 400 m em 53,49, à frente de Rivinilda Mentai (54,64).

Nos saltos, Marcos Chuva dominou o comprimento, com 7,66 (mas vento a +2,8 m/s), Tiago Pereira foi o vencedor do triplo (16,41), à frente de Carlos Veiga (15,68), e Lucinda Gomes ganhou o comprimento com 6,05 (v:+1,4). João Pedro Buaró triunfou no salto com vara, ao passar 4,90, tentando depois 5,20.

Outros vencedores: 5000 m – Samuel Freire 14.11,04 e Susana Francisco 16.39,16; 3000 obst. – Ricardo Ferreira 9.01,99 e Emília Pisoeiro 10.25,93; 400 bar. – Andreia Crespo 60,20.

3 Comentários

  1. O Paulo Conceição não fez a melhor marcas nacional do ano, o Tiago Pereira fez 2,17 no Meeting da Maia.
    O André Marques não bateu o recorde pessoal (tem 48,01 feitos no ano passado).
    Na notícia falta também anunciar os vários mínimos para os europeus Juniores e Sub-23 alcançados ou confirmados:

    Juniores Femininos
    400m – Juliana Guerreiro (Sporting) 55,68
    3000m obstáculos – Mara Resende (Maia) 10.42,12
    Disco – Ivanilda Lopes (Benfica) 47,73

    Juniores Masculinos
    800m – Nuno Pereira (Sporting) 1.49,71
    5000m – Duarte Gomes (Benfica) 14.23,68

    Sub-23 Femininos
    800m – Patrícia Silva (Benfica) 2.08,77
    3000m Obstáculos – Laura Taborda (Sporting) 10.29,63
    3000m Obstáculos – Carla Reis (Benfica) 10.30,61

    Sub-23 Masculinos
    400m Barreiras – Paulo Soares (Benfica) 52,46
    3000m Obstáculos – Ricardo Ferreira (Novas Luzes) 9.01,99
    3000m Obstáculos – Tomás Silva (GRECAS) 9.02,77
    3000m Obstáculos – Simão Bastos (AC Póvoa Varzim) 9.09,41

    • *(enganei-me no escalão do Paulo Soares)

      Juniores Femininos
      400m – Juliana Guerreiro (Sporting) 55,68
      3000m obstáculos – Mara Resende (Maia) 10.42,12
      Disco – Ivanilda Lopes (Benfica) 47,73

      Juniores Masculinos
      800m – Nuno Pereira (Sporting) 1.49,71
      5000m – Duarte Gomes (Benfica) 14.23,68
      400m Barreiras – Paulo Soares (Benfica) 52,46

      Sub-23 Femininos
      800m – Patrícia Silva (Benfica) 2.08,77
      3000m Obstáculos – Laura Taborda (Sporting) 10.29,63
      3000m Obstáculos – Carla Reis (Benfica) 10.30,61

      Sub-23 Masculinos
      3000m Obstáculos – Ricardo Ferreira (Novas Luzes) 9.01,99
      3000m Obstáculos – Tomás Silva (GRECAS) 9.02,77
      3000m Obstáculos – Simão Bastos (AC Póvoa Varzim) 9.09,41

  2. A marca do Isaac Nader é também melhor marca nacional do ano em Pista ao Ar Livre (considerando apenas Ar Livre).

Deixar Resposta