Pichardo ganhou triplo do Meeting de Londres

0
964

Pedro Pichardo derrotou Christian Taylor e ganhou a prova de triplo do meeting de Londres, da Liga de Diamante, ao conseguir a sua melhor marca do ano, com 17,53, contra 17,19 do norte-americano. Taylor continua em vantagem nos despiques diretos (13-8), tendo ganho três dos quatro desta época e dois dos três da época passada. Pichardo liderou a prova desde início, saltando sucessivamente 17,14, nulo, 17,35, 17,53 (v:+0,8) e, depois de prescindir no 5º ensaio, 17,00 no último. Taylor entrou mal na prova e só passou os 17 metros nos dois últimos ensaios, com 17,03 e 17,19 (v:0,0). Nelson Évora também não esteve feliz: fez apenas 16,37 no primeiro ensaio e, depois, cinco nulos. Foi 6º entre sete concorrentes.

A principal nota desta 1ª jornada vai para o norueguês Karsten Warholm, que voltou a bater o recorde da Europa de 400 m barreiras, passando-o de 47,33 há cinco semanas, em Oslo, para 47,12, melhor marca mundial do ano. Outro norueguês em grande plano foi novamente Jakob Ingebrigtsen, que melhorou o seu recorde europeu de 5000 m, passando-o de 13.17,06 na época passada para 13.02,03. Foi segundo, apenas batido (por 17 centésimos) pelo etíope Hagos Gebrhiwet (13.01,86).

Outra melhor marca mundial do ano foi conseguida pela jamaicana Danielle Williams, com 12,32 aos 100 m barreiras.

Eis os vencedores:

Masculinos:

100 m (v:+0,5) – Akani Simbine AFS 9,93

800 m – Ferguson Rotich QUE 1.43,14

5000 m – Hagos Gebrhiwet ETI 13.01,86

400 bar. – Karsten Warholm NOR 47,12           RE, MA

Comprimento – Luvo Manyonga AFS 8,37 (-1,1)

Triplo – Pedro Pichardo POR 17,53 (+0,8)

Femininos:

200 m (v:+1,1) – Elaine Thompson JAM 22,13

400 m – Shericka Jackson JAM 50,69

1500 m – Laura Muir GBR 3.58,25

100 bar. (v:+0,8) – Danielle Williams JAM 12,32

Vara – Anzhelika Sidorova RUS  4,75

Dardo – Tatsiana Khaladovich BLR 66,10

Deixar Resposta