Pode-se correr com excesso de peso tomando alguns cuidados

0
1975

Musculação e Pilates podem diminuir as lesões em pessoas com excesso de peso. Estudos apontam que o índice de massa corpóreo não é o principal fator de risco nos corredores

Quantas vezes não ouvimos alguém dizer que gostaria de começar a correr mas que tem receio por ter peso a mais? Há um certo medo das lesões, já que a corrida é um desporto de impacto e o excesso de peso causaria teoricamente um maior desgaste no corpo. A boa notícia é que  ter peso a mais não impede a prática de corrida, ainda que devam ser tomados alguns cuidados.

Podemos pensar que alguns quilos a mais são uma sentença de lesão durante a prática da corrida. Porém, alguns estudos científicos apontam que o índice de massa corpóreo (IMC) não é o principal fator de risco para problemas nos corredores. Ou seja, estar com peso a mais, não significa necessariamente ter maiores hipóteses de se lesionar do que alguém mais magro. Tendo isso em vista, a corrida com alguns cuidados, pode ser uma boa opção de prática da atividade física, independentemente do seu peso.

Sobre as precauções necessárias, elas começam com uma avaliação médica, principalmente do funcionamento do coração. Sabemos que a questão do peso vai muito além da estética, podendo atingir a saúde de todos os órgãos e sistemas do corpo. Então, um check-up geral e o ok de um médico, são os primeiros passos para começar-se a correr.

Depois de saber que está tudo bem com o coração, há que cuidar dos músculos e articulações, os motores da corrida. De facto, um excesso de peso vai gerar maior sobrecarga mecânica sobre o corpo; porém é possível minimizá-la com o uso de duas ferramentas: o fortalecimento muscular e a biomecânica da corrida.

A força muscular em nível normal, dificulta o aparecimento de lesões, pois os músculos em boa condição protegem as articulações contra o impacto. Há diversas opções para trabalhar o fortalecimento muscular, como por exemplo, a tradicional musculação, o popular treino funcional, o Pilates, e até mesmo exercícios feitos em casa.

Já a biomecânica refere-se à maneira como o corpo se movimenta na corrida. Quanto melhor o movimento, menos o corpo sofre com sobrecargas. Pensando nisso, o ponto mais importante a ser cuidado na biomecânica de um corredor com excesso de peso é a absorção do impacto. O corpo deve-se movimentar de uma maneira adequada para que os músculos sejam capazes de absorver aquele impacto e minimizar a sobrecarga sobre as articulações.

Uma maneira simples de perceber se o corpo está executando essa função adequadamente, é tomar atenção ao barulho na corrida. Quanto mais baixo o ruído do pé ao aterrar no chão, menor é o impacto. Esta dica pode ser seguida por qualquer corredor, mas em caso de dúvidas ou dores, é importante procurar um profissional especialista em biomecânica da corrida.

Finalmente, nos cuidados da corrida com excesso de peso, é muito importante ter em atenção o volume de treino. Este deve respeitar os limites do corpo e o seu aumento deve ser sempre gradual. Cuidar da saúde e biomecânica da corrida não é exclusividade de quem está acima do peso. Todas as precauções citadas farão bem a qualquer corredor, tornando a sua prática desportiva o mais saudável possível.

 

Deixar Resposta