Porque é que Sir Mo Farah é o Rei de Londres

0
2359

Depois da grande festa após o triunfo de Mo Farah na final dos 10.000 m, como será se ele vencer a final dos 5.000 m? Decidido a dedicar-se à maratona, o fundista vai despedir-se dos 5.000 m tentando um inédito tetra campeonato mundial. O carisma ímpar deste menino nascido na Somália tornou-o o amado da nova pátria. Campeão, cavalheiro e a agora pronto para coroar-se Rei do Estádio Olímpico. Com sua tradicional comemoração fazendo – ou tentando – imitar a imagem de um coração com os braços acima da cabeça.

foto-mo-farah-e-as-gemeas– “Foi uma noite incrível nos 10.000 m, emocionei-me muito. Que maneira de encerrar a minha carreira. Isto é muito especial”.

Depois de se ter apurado ontem para a final da légua, eis algumas curiosidades da vida e da carreira de Mo Farah.

A última derrota: há 6 anos!

1) O etíope Ibrahim Jeilan foi o último a derrotar Mo Farah num grande evento, na final do Mundial de Daegu, em 2011. Desde então, ele conseguiu quatro ouros em Jogos Olímpicos e seis ouros em Mundiais.

Londres: como é bom correr em casa

2) O Estádio Olímpico de Londres é o palco favorito de Mo. Fez a dobradinha nos Jogos de 2012 e está bem encaminhado para repetir a dose neste Mundial. O bom presságio veio na final dos 10.000 m ao conseguir a melhor marca mundial do ano com 26.49,51.

Sir Mohamed Farah

3) Os feitos de Mo Farah tornaram-no reconhecido pelas mais tradicionais instituições britânicas. Em 2010, foi condecorado como Comandante da Ordem do Império Britânico. No final ano passado, após os títulos na Rio 2016, tornou-se Cavalheiro. Agora é Sir Mohamed Farah.

Casa longe de casa

4) Apesar da relação de amor com os britânicos, o fundista não mora no país desde 2010. Ele mudou-se para o Oregon, nos Estados Unidos, para treinar com o técnico Alberto Salazar.

Polémica com o treinador

5) O treinador, no entanto, envolveu o seu pupilo involuntariamente em investigações sobre doping. Salazar foi acusado de ministrar substâncias proibidas em seus atletas, e como Mo Farah é o seu maior caso de sucesso, acabou no fogo cruzado.

Mo Farah x Trump

foto-mo-farah6) Morar nos EUA também colocou o britânico numa situação política delicada este ano. Ele pensou que não poderia voltar ao país após o presidente Trump colocar a Somália numa lista de sete países para os quais deveria ser restrita a entrada de cidadãos nos EUA.

 

Grande família

7) Mo Farah tem um filho, duas filhas gémeas e uma enteada. Todos estão presentes no Estádio Olímpico para torcer pelo pai.

Espelho, espelho meu…

8) Ele próprio é um gémeo, irmão idêntico de Hassan. Os dois cresceram separados, pois apenas metade da família se mudou para a Grã-Bretanha quando eles tinham oito anos.

Vida no cinema

9) A história das conquistas de Mo Farah já esteve nas telas de cinema. Ele é o protagonista do documentário “No easy mile”, “Sem caminho fácil”, numa tradução livre do inglês.

Farah é pop!

10) Além de multicampeão nas pistas, Mo Farah ainda é pop. O carisma transborda da vida real para a virtual. Ele é um dos atletas britânicos mais populares nas redes sociais, com cerca de 1,5 milhão de seguidores no Twitter, 1,1 milhão no Facebook e mais de 550 mil no Instagram.

Escritor nas horas vagas

11) Pouca gente sabe, mas Mo Farah também escreve livros para crianças. O campeão já publicou três obras de ficção para os mais pequenos: “Ready Steady Mo!” e a série “Go Mo, Go!”, com “Dinossaur Dash” e “Monster Mountain Chase”.

 

Deixar Resposta