Primeiro “Atleta” cibernético corre S. Silvestre de Madrid

0
1808

Afirma que pode bater o recorde ‘humano’ do percurso na posse do queniano Kipchoge

A San Silvestre Vallecana, da capital espanhola, anunciou uma grande novidade para a edição deste ano: irá estar na partida o primeiro “atleta” cibernético, o robot Silvestre 1.0KTM.

Segundo a Organização, trata-se de um androide desenhado e fabricado por um grupo de estudantes de várias universidades espanholas, na área da engenharia robótica e mecatrónica.

Alguns destes estudantes, já participaram em edições anteriores da prova. A partir da sua experiência, surgiu a ideia de desenhar um robot que fosse capaz de correr de forma autónoma. “Num ano, apresentámo-nos na partida com máscaras de robot para correr a prova e quando nos vimos ali, pensámos em nos apresentarmos com o nosso próprio robot”, afirmou um dos responsáveis.

O desenvolvimento do projeto demorou 30 meses. O Silvestre 1.0KTM conta com um sistema electro hidráulico que lhe permite correr até velocidades de 40 km/h, alimentado por uma bateria de lítio que lhe permite correr distâncias entre 10 e 12 km, em função da velocidade para que seja programado.

Está guiado por um GPS ao qual se introduziu uma análise detalhada dos pontos chave e desníveis do percurso da prova, assim como um radar de deteção de obstáculos para não interferir na trajetória de outros competidores.

Os inventores deste robot afirmam que o Silvestre 1.0KTM não só será capaz de completar os 10 km do percurso como baixar dos 26m54s, marca recorde na posse do queniano Eliud Kipchoge desde 2007.

A Organização solicita a todos os participantes na prova que não atirem espuma ao androide, como é costuma da corrida, pois ela poderia interferir com o correto funcionamento do seu radar de orientação.

Resta dizer que esta notícia saiu ontem na imprensa espanhola e que o dia 28 de Dezembro é o dia das mentiras em Espanha…

Verdade ou mentira?

 

Deixar Resposta