Quando Jonathan Edwards bateu há 25 anos por duas vezes, o recorde mundial do triplo salto

0
271

Fez no passado sábado dia 18, 25 anos que o britânico Jonathan Edwards bateu pela primeira vez o recorde mundial do triplo salto com 17,98 m.

Edwards bateu um recorde que já durava há dez anos e estava na posse do norte-americano Willy Banks.

Até então, os grandes saltos do britânico tinham sido prejudicados por um vento favorável superior ao limite (2 m/s). Mas no dia 18 de Julho, Edwards apanhou um vento favorável de 1,8 m/s. O local foi Salamanca, a 800 metros de altitude. Edwards começou com 17,39 e explodiu no segundo, com 17,98 m, um centímetro acima do recorde mundial.

Curiosamente, o britânico não ficou satisfeito com o seu salto. Segundo ele, o salto teve defeitos técnicos na sua execução e que podia ter feito melhor.

Vinte três dias antes, Edwards havia saltado na Superliga Europeia disputada na cidade francesa de Villeneuve d’Ascq. Aí, executou o salto mais comprido da história, com 18,43 m mas com um vento favorável de 2,4 m/s.

Pouco depois, em 7 de Agosto, nos Mundiais disputados no estádio Ullevi, em Gotemburgo, Edwards derrubou finalmente o muro dos 18 metros, aterrando em 18,29 m e um vento favorável de 1,3 m/s. Um recorde mundial que ainda perdura.

Agora com 54 anos, conquistou na sua carreira, duas medalhas olímpicas, uma de ouro em Sydney 2000 e uma de prata em Atlanta 1996. Brilhou ainda em Mundiais e Europeus e curiosamente, esteve presente no Mundial de pista coberta em Lisboa 2001, conquistando uma medalha de prata.

Deixar Resposta