Quatro vitórias lusas (em 39 provas) no Espanha-Portugal em juvenis

1
1091

Larga superioridade espanhola no Espanha-Portugal em juvenis hoje realizado. Mais que a pontuação final (242-136), há a registar o facto de apenas em quatro (das 39 provas) Portugal ter alcançado primeiros lugares e de na larga maioria das provas, a Espanha ter conseguido os dois primeiros lugares. A superioridade espanhola era previsível (e inevitável) mas terá sido maior que o esperado.

Entre os jovens atletas nacionais houve quem se salientasse. Desde logo os vencedores: Guilherme Almeida, com um novo recorde pessoal no comprimento (7,09/v:+0,9) e mínimo para o Festival Olímpico da Juventude Europeia; Milena Lucena, igualmente com recorde pessoal no comprimento (5,69/v:-1,0), prova na qual Portugal fez 1º e 2º lugares (Leonor Tiago 5,63); Camila Gomes, com 10.41,17 nos 3000 m; e Moisés Faria, com 56,98 no dardo/700 g.

Para além destes, há a destacar, no setor masculino, os 67,83 de Diogo Freitas no martelo (foi 2º) e os recordes pessoais de Gustavo Rodrigo nos 110 m barreiras (14,78) e Diogo Meneses na vara (4,19). No lado feminino, referência ainda para a progressão de Eva Gonçalves (2ª) no martelo (com 55,77 e 55,67); de Sofia Lavreshina (2ª) no triplo (12,02); de Carmo Juiz (3ª) nos 200 m (25,20); de Maria Santos (3ª) nas barreiras (14,79); e de Rafaela Aleixo no dardo (41,40). Entretanto, Beatriz Rios (2ª nos 2000 m obstáculos com 7.04,29) e Débora Quaresma (2ª no peso/3 kg, com 14,69) confirmaram mínimos para o FOJE.

Juniores na Alemanha

Entretanto, no Meeting de Manheim, na Alemanha, atuaram já três juniores portugueses. Miguel Moreira foi 2º nos 1500 m, com 3.52,80; Júlio Almeida 3º no triplo, com 14,55 (v:+0,1); e Pedro Buaró foi 7º na vara, com 4,90. Este domingo, entrarão em ação Paulo Soares (400 m barreiras), Gerson Baldé (altura), Leandro Ramos (dardo), Catarina Lourenço (200 m), Juliana Guerreiro (400 m barreiras) e Ivanilda Lopes (disco).

1 Comentário

Deixar Resposta