Queniano Alex Korio Oloitiptip suspenso por 3 falhas no paradeiro em 12 meses

0
153

O Quénia tem 55 atletas suspensos por doping!

A Unidade de Integridade do Atletismo (AIU) anunciou que o queniano Alex Korio Oloitiptip foi suspenso por dois anos. O atleta já havia sido suspenso provisoriamente em Maio devido a falhas do paradeiro.

A suspensão de Korio, que foi uma das “lebres” de Eliud Kipchoge quando este superou a barreira das duas horas na maratona de Viena disputada no ano passado, marcou outro golpe para o atletismo queniano, no meio de uma série de violações das regras antidoping.

Korio faltou no ano passado a um teste em 20 de Janeiro, a um segundo em 11 de Abril e a um terceiro em 19 de Julho.

O atleta teve um prazo para responder à acusação mas o seu representante confirmou que ele havia aceitado a violação da regra.

Os resultados do atleta entre 19 de Julho de 2019 e 17 de Março deste ano foram anulados. A suspensão agora anunciada pela AIU termina em 18 de Julho de 2021.

Atualmente, 55 atletas quenianos estão suspensos por testes antidoping positivos, anomalias no passaporte biológico ou paradeiro incerto, de acordo com o banco de dados da AIU. Este organismo organizou uma conferência antidoping com o Athletics Kenya no ano passado, devido a preocupações contínuas sobre o número de corredores quenianos a serem sancionados por delitos de doping.

O Quénia é um dos sete países classificados na Categoria A pela AIU em relação ao risco de doping e tem o maior número de atletas suspensos fora da Rússia.

Deixar Resposta