Quer correr mais em 2020? Eis cinco dicas que o vão ajudar

0
554

2020 está já aí. Para os corredores, os objetivos de cada um são naturalmente diferentes. Há quem pense em melhorar os seus recordes pessoais, quem pense correr ainda mais provas ou simplesmente, cortar a meta sem lesões e sem pensar em tempos.

Para quem pensa em evoluir, criar novas metas e objetivos diferentes são condições indispensáveis para um bom planeamento.

A viragem do ano é o momento ideal para encorajar-se a realizar os seus maiores desejos, correr a sua primeira prova, desafiar-se numa distância superior ou bater o recorde pessoal numa determinada prova. A prática desportiva tem ainda diversos benefícios para a saúde, como o aumento da autoestima e da disposição.

Eis cinco dicas para o inspirar a correr mais em 2020:

1 – Tenha metas ao longo do ano

Iniciar o ano colocando na agenda aquelas provas tão desejadas, é uma boa forma de motivar-se. Em Janeiro, não faltam provas de estrada, corta-matos e trails, é só escolher.

2 – Adote a corrida como um hábito 

Treinar com regularidade aumenta a capacidade respiratória e cardiovascular. Passa-se a ter mais fôlego sem que o pulmão e o coração sejam demasiadamente exigidos. Se o objetivo é correr por um período de tempo maior, a primeira coisa a ser feita é aumentar a resistência. Tanto cardiorrespiratória, como muscular. Mas precisa de ter determinação e muita disciplina”.

3 – Alimente-se adequadamente

Comer bem é quase tão importante como treinar e descansar bem. Afinal, é dos alimentos que o seu corpo extrai a energia para o impulsionar durante a corrida.

Antes de correr, dê preferência a alimentos leves e de fácil digestão para não sofrer com desconfortos durante os treinos. Depois de comer, espere aproximadamente uma hora para correr – é tempo suficiente para o seu organismo transformar a comida em stock de energia.

4 – Alongue e aqueça antes da corrida

Para evitar as temidas lesões e melhorar a mobilidade do corpo para a corrida, alongar e aquecer é fundamental. O alongamento estático – aquele que puxa um braço ou uma perna para uma determinada direção e segura por alguns segundos – é uma boa opção para evitar lesões.

Apostar em aquecimentos dinâmicos também é importante, pois ele eleva a sua frequência cardíaca e temperatura corporal, tornando assim os tecidos mais flexíveis e melhorando a sua performance.

5 – Aumente gradualmente o volume dos treinos

A melhor maneira de evoluir de forma segura na corrida é aumentar aos poucos as distâncias percorridas. Além de construir uma base para a sua condição física, esse tipo de estratégia ajuda a evitar algumas lesões decorrentes do exagero do treino.

É melhor correr 20 minutos três vezes por semana do que uma hora uma vez por semana. Passe a aumentar esse tempo quando estiver a sentir-se bem e seguro.

 

 

Deixar Resposta