Radiografia ao Atleta do Pelotão/As caraterísticas do corredor em 2016

0
2589

Entrevistámos 114 atletas em 30 corridas durante 2016. 54% tem até 40 anos de idade e 66% corre até há cinco anos. 78%, estreou-se numa prova até 10 km. 51% treina 2 a 3 vezes por semana e tem 2 a 3 pares de sapatos. Asics é a marca preferida por 34%. 66% tem GPS e 41% ouve música quando corre.

Tal como em anos anteriores, apresentamos o estudo referente às mini entrevistas que realizámos em 30 corridas durante 2016.

No total, entrevistámos 114 atletas, dos quais 49 do sexo feminino (43%). Como aconteceu em anos anteriores, o total de respostas a cada pergunta, não corresponde necessariamente aos 114 entrevistados.

Começamos pela idade dos entrevistados:

Idades dos Atletas
 Até 30 anos 28 25,45%
 31 a 40 32 29,09%
41 a 50 36 32,73%
51 a 60 10 9,09%
Mais de 60 4 3,64%
Total 110

Como podemos ver, mais de metade dos entrevistados tem até 40 anos de idade (54,54%). Em 2010 por exemplo, a percentagem tinha sido de 47,94%. É evidente o rejuvenescimento no pelotão.

Geografia dos clubes
Norte (Trás-os-Montes, Minho, Porto e Aveiro) 7 6,36%
Centro (Viseu, Guarda, C. Branco, Leiria e Santarém) 7 6,36%
Região Grande Lisboa (Lisboa e Setúbal) 42 38,18%
Alentejo e Algarve 6 5,45%
Individual 48 43,64%
Total 110

Como dois terços das entrevistas foram feitas em corridas disputadas na região da Grande Lisboa (ver lista no final), é natural que os atletas representem maioritariamente clubes desta área geográfica. Merece destaque a elevada percentagem de atletas que correm como individuais (43,64%), mais do duplicando os 20,16% em 2010. Há muita gente nova a correr e que ainda não se filiou num clube.

Há quantos anos começou a correr
Até 1 ano 20 18,35%
1 a 5 anos 52 47,71%
6 a 10 anos 15 13,76%
11 a 20 anos 10 9,17%
+ 20 anos 12 11,01%
Total 109

Quase 50% dos entrevistados corre entre um e cinco anos (47,71%). O número daqueles que corre há menos de um ano (18,35%), mais do que triplicou em relação a 2010 (5,15%).

Quilometragem da 1ª prova
Até 10 km 79 78,22%
11 a 1/2 Marat. 22 21,78%
+ 1/2 Maratona 0 0,00%
Total 101

Como aconteceu em anos anteriores, a esmagadora maioria dos atletas estreou-se em distâncias até 10 km (78,22%). Dos 79 de agora, tivemos 10 (12,65%) que se iniciaram nas minis das Pontes 25 de Abril e Vasco da Gama. Em 2010, tínhamos tido 19,6% de atletas a começarem pelas pontes. Muitos já não “precisam” destas provas mais mediáticas para se iniciarem no mundo do atletismo.

Nº Treinos semanais
0 3 2,78%
1 8 7,41%
2 a 3 55 50,93%
3 a 4 23 21,30%
4 a 5 10 9,26%
+ 5 9 8,33%
Total 108

Mais de metade (50,93%) treina 2 a 3 vezes por semana contra os 39,84% em 2010. Ainda houve 11 (10%) que não treinam ou só o fazem uma vez por semana. O número daqueles que treinam mais de cinco vezes é de apenas 8,33%. Em 2010, a percentagem tinha sido de 22%. Boa parte dos novos atletas treina menos do que se treinava antigamente.

Tem quantos pares sapatos
1 20 18,35%
2 a 3 56 51,38%
4 a 5 21 19,27%
+ 6 12 11,01%
Total 109

Mais de metade dos entrevistados (51,38%) tem 2 a 3 pares de sapatos. Uma percentagem ainda significativa (18,35%) tem apenas um par. Lembramos que um par para os treinos e outro para as corridas, é o mínimo recomendável. Nos entrevistados com mais de 6 pares, encontrámos um que nos disse ter 20!

Correu com que marca
Adidas 27 25,47%
Nike 25 23,58%
Asics 36 33,96%
Kalenji 5 4,72%
Outros 13 12,26%
Total 106

Um terço dos atletas prefere a Asics (33,96%). A Adidas e a Nike seguem-se nos lugares imediatos, deixando as restantes marcas muito longe. Em 4º lugar, surge a Kalenji mas bem distante das três marcas mais utilizadas.

Correu alguma maratona em 2016
Sim 34 31,48%
Não 74 68,52%
Total 108

Quase um terço dos entrevistados (31,48%) disse-nos que tinha corrido ou pensava ir correr uma maratona. É um número significativo pois a realidade nacional era bem diferente há meia dúzia de anos. A maratona hoje, deixou de ser um papão como já foi.

Tem GPS
Sim 73 65,77%
Não 38 34,23%
Total 111

Aqui está um dado curioso, quase 2/3 do pelotão nacional já não dispensa o GPS nas corridas. Passou a ser um instrumento importante, nas provas e nos treinos. A análise dos dados transmitidos, permite a quem o queira, criar as condições para uma melhoria da sua perfomance.

Costuma ouvir música quando corre
Sim 43 40,95%
Não 62 59,05%
Total 105

Esta foi a segunda pergunta com as duas respostas antagónicas mais equilibradas. Venceram aqueles que não ouvem música quando correm mas a diferença não foi muito grande. Vê-se muita gente a correr e a ouvir música mas a maioria ainda prefere fazê-lo sem essa “companhia”.

Costuma participar na prova
Sim 43 43,00%
Não 57 57,00%
Total 100

O pelotão popular não é muito fiel às provas em que participa. Apenas 43% diz que costuma participar regularmente na mesma prova. Com um calendário tão diversificado, são muitos, aqueles que gostam de diversificar as provas.

Gostou da organização
Sim 72 86,75%
Não 11 13,25%
Total 83

As organizações das corridas continuam a merecer nota alta da grande maioria dos atletas. Os valores são semelhantes ao ano passado (88,24%) mas em relação a 2010, o nível melhorou em cerca de 8%. A percentagem não foi melhor porque tivemos três opiniões negativas nas três entrevistas feitas no Campeonato Nacional de Estrada disputado em 2016.

Profissões
Engenheiro 10
Professor 8
Estudante 8
Informático 7
Gestor 6
Consultor 5
Funcionário público 5
Empregado administrativo 5
Militar/PSP 5
Enfermeiro 5
Bancário 4
Técnico saúde 4
Reformado 3

Outras (36): Com 2 cada: Educadora infância, Economista, Vigilante, Advogado, Desempregado. Com 1 cada: Nutricionista, Administração hospitalar, Contabilista, Doméstica, Jornalista, Formador, Carpinteiro, Empregado dos CTT, Técnico Valores, Carpinteiro, Técnico Turismo, Operador fabril, Costureira, Médica, Pintor automóveis, Chefe equipa PT, Empregado balcão, Arquiteto, Nadadora salvadora, Auditora, Web designer, Instrutora educação física, Técnico contas, Hotelaria, Empresário e Jurista.

O atletismo é uma modalidade popular como se pode constatar na quantidade de profissões (45) encontrada em 114 entrevistados. É a única modalidade desportiva onde é possível um corredor sem um único resultado de qualidade, correr com um campeão olímpico.
Os engenheiros e os professores são como em 2015, as profissões com mais atletas. Os estudantes melhoram o seu lugar neste quadro, passando de quartos em 2015 para segundos, agora. Felizmente, baixou significativamente o número de desempregados. Em 2015 e com mais gente entrevistada, tivemos seis desempregados. Agora, apenas dois.

Corridas onde foram feitas as entrevistas
23-jan 23º Campeonato Nacional Estrada/Lisboa
31-jan 26º Grande Prémio Fim da Europa/Sintra
07-fev 14º Grande Prémio de Grândola
13-fev III Corrida dos Namorados/Lisboa
14-fev 21ª Corrida da Árvore/Lisboa
28-fev Challenge Costa da Caparica
20 mar 26º Meia Maratona Lisboa
26 mar 28º Grande Prémio da Páscoa/Constância
03-abr 34ª Corrida dos Sinos/Mafra
10-abr XI Corrida do Benfica/Lisboa
16-abr IV Scalabis Night Race/Santarém
01-mai 34ª Corrida Internacional 1º Maio/Lisboa
08-mai II Alegro Meia Maratona/Setúbal
15-mai XI Meia Maratona do Douro Vinhateiro/Régua
29-mai IV Corrida de Belém
04-jun VI Corrida de Santo António/Lisboa
19-jun III Fórum Barreiro Run 2016
25-jun 37ª Corrida das Fogueiras/Peniche
30-jun 34ª Corrida do Bodo/Pombal
02-jul VI Corrida do Sporting/Lisboa
09-jul 21ª Corrida da Lagoa de Santo André
24-jul XII Ultramaratona Atlântica Melides-Tróia
04-set 29ª Corrida do Avante/Seixal
02-out IV Maratona de Lisboa Rock’ Roll
08-out IV Duratrail/Setúbal
23-out IV Corrida do Montepio/Lisboa
06-nov XIII Maratona do Porto
13-nov 42ª Meia Maratona da Nazaré
04-dez Meia Maratona dos Descobrimentos/Lisboa
11-dez 59º Grande Prémio do Natal/Lisboa

 

 

Deixar Resposta