Ranking mundial do triplo salto femininos 2018 – Colombiana Ibarguen mantém-se no topo

0
1477

Portugal com quatro atletas no top 100

A colombiana Caterine Ibarguen mantém-se no topo com um salto a 14,96 m conseguido no meeting de Rabat. Foi a 29ª marca mundial de sempre, ela que detém um recorde pessoal de 15,31 m, a 19 centímetros do recorde mundial da ucraniana Inessa Kravets desde 1995..

Em destaque, as saltadoras portuguesas com quatro delas no top 100.

Eis a lista das dez primeiras:

  Nome País Marca Local Data
Caterine Ibarguen Colômbia 14,96 Rabat 13-jul
Tori Franklin Estados Unidos 14,84 Baie Mahault/França 12-mai
Nubia Soares Brasil 14,69 Sotteville/França 17-jul
Yekaterina Koneva Rússia 14,66 Kazan 22-jul
Kimberly Williams Jamaica 14,64 Gold Coast/Austrália 10-abr
Keturah Orji Estados Unidos 14,62 Knoxville/USA 12-mai
Shanieka Ricketts Jamaica 14,61 Londres 15-jul
Paraskevi Papachristou Grécia 14,60 Stara Zagora 20-jul
Ana Peletero Espanha 14,55 Getafe 22-jul
10ª Andreea Panturoiu Roménia 14,47 Montreuil 19-jun
10ª Yosiris Urrutia Colômbia 14,47 Barranquilla 01-ago

– A 100ª marca foi de 13,55 m da croata Paola Borovia. Tivemos 40 atletas até 14 metros.

–  Patrícia Mamona é a melhor portuguesa no 25º lugar com 14,19. As outras três portuguesas no top 100 são:

Susana Costa em 27ª com 14,17

Lecabela Quaresma em 52ª com 13,90

Evelise Veiga em 83ª com 13,65

A lista das cem melhores está muito repartida. A França, a China e a Rússia com seis (duas delas pela ANA) estão na frente.

Lista dos principais países com as melhores 100 marcas

Rússia – 6

França – 6

China – 6

Estados Unidos – 5

Portugal – 4

Alemanha – 4

Ucrânia – 4

Espanha – 4

Cuba – 4

Deixar Resposta