Ranking mundial dos 10.000 metros masculinos 2018 – Tempos muito fracos

0
242

Samuel Barata é o melhor português em 98º lugar com 28.24,85

Muito fracos os tempos obtidos nesta distância em 2018. O queniano Stanley Mburu foi o primeiro com 27.13,01, apenas a 105ª marca mundial de sempre!

Tal como nos 10 mil metros femininos, os grandes meetings não apostam nesta distância. Nesta lista do top ten, a Europa tem apenas o meeting de Londres e o Mundial Sub-20 em Tampere.

Eis a lista dos dez primeiros:

Nome País Tempo Local Data
Stanley Mburu Quénia 27,13,01 Yokohama 10-nov
Richard Yator Quénia 27.14,70 Yokohama 20-out
Joshua Cheptegei Uganda 27.19,62 Gold Coast 13-abr
Mohammed Ahmed Canadá 27.20,56 Gold Coast 13-abr
Rhonex Kipruto Quénia 27.21,08 Tampere 10-jul
Jonathan Ndiku Quénia 27.28,27 Yokohama 10-nov
Rodgers Chumo Quénia 27.28,66 Gold Coast 13-abr
Jakob Kiplimo Uganda 27.30,25 Gold Coast 13-abr
Jake Robertson Nova Zelândia 27.30,90 Gold Coast 13-abr
10º Richard Ringer Alemanha 27.36,52 Londres 19-mai

– O 100º tempo pertence ao belga Simon Debognies com 28.25,32

– O 1º europeu foi o alemão Richard Ringer no 10º lugar com 27.36,52

– Tivemos 43 atletas com um tempo inferior a 28 minutos.

– O 1º português é Samuel Barata no 98º lugar com 28.24,85.

O Quénia tem 39 atletas nos 100 melhores tempos, seguido do Japão com 12. Outra potência do fundo, a Etiópia, fica-se por seis atletas.

Lista dos principais países com as melhores 100 marcas

Quénia – 39

Japão – 12

Estados Unidos – 8

Etiópia – 6

Uganda – 4

Grã-Bretanha – 4

Deixar Resposta