Recorde de Tadese na “Meia” de Lisboa’2010 batido por Kiptum em Valência

0
2190

Oito anos e meio depois de o eritreu Zerzenay Tadese bater em Lisboa o recorde mundial da meia-maratona, com 58m23s, o queniano Abraham Kiptum melhorou para 58.18 este domingo, em Valência.

As condições estavam ótimas e as “lebres” de serviço, passaram aos 5 km em 13.56 e aos 10 km em 28.02 (14.06 na 2ª légua), ainda com 15 atletas na frente e um atraso de 12 segundos relativamente ao previsto. Inesperadamente, Kiptum isolou-se então e, com duas léguas em 13.38+13.38, chegou aos 20 km com 55.18, menos três segundos que a passagem de Tadese aquando do seu recorde (aos 15 km levava ainda sete segundos de atraso). Kiptum, que tinha como recorde pessoal 59.06, marca alcançada há seis semanas, em Copenhaga, fez agora 28.02+27.16 por cada 10 km iniciais e gastou três minutos exatos nos 1095 metros finais. Triunfou com 15 segundos de vantagem sobre o etíope Jemal Yimer (58.33). A vencedora feminina foi a etíope Gelete Burka, com 66.11.

Recorde-se que o recorde mundial, homologado somente a partir de 2003, foi agora recuperado por um queniano, depois de Samuel Wanjiru ter chegado aos 58.33. António Pinto chegou a deter a melhor marca mundial, com 59.43, mas na Meia-Maratona de Lisboa de 1998, ainda com partida (para a elite) na Ponte 25 de Abril, em percurso não-homologável devido a declive demasiado acentuado. Eia a evolução do recorde abaixo dos 62 minutos:

EVOLUÇÃO DO RECORDE MUNDIAL DE MEIA-MARATONA
61.47 Herb Lindsay EUA Manchester VT 20-09-1981
61.36 Mike Musyoki QUE Filadélfia 19-09-1982
61.32 Paul Cummings EUA Dayton 25-09-1983
61.14 Steve Jones GBR Birmingham 11-08-1985
60.35 Mark Curp EUA Filadélfia 15-09-1985
60.43 Mike Musyoki QUE South Shields 08-06-1986
60.10 Matthews Temane AFS East London AFS 25-07-1987
60.06 Steve Moneghetti AUS Tóquio 24-01-1993
59.47 Moses Tanui QUE Milão 03-04-1993
59.43 António Pinto POR Lisboa 15-03-1998
59.17 Paul Tergat QUE Milão 04-04-1998
59.06 Paul Tergat QUE Lisboa 26-03-2000
59.16 Samuel Wanjiru QUE Roterdão 11-09-2005
58.55 Haile Gebrselassie ETI Phoenix 15-01-2006
58.53 Samuel Wanjiru QUE Ras al Khaimah 09-02-2007
58.33 Samuel Wanjiru QUE Haia 17-03-2007
58.23 Zersenay Tadese ERI Lisboa 21-03-2010
58.18 Abraham Kiptum QUE Valência 28-10-2018

Nota: A IAAF passou a reconhecer recordes mundiais a partir de 2003, estando a negro as marcas oficialmente consideradas. As marcas em itálico são aquelas que foram conseguidas em condições não homologáveis: declive partida-meta superior a um por mil e/ou distância em linha recta entre partida e chegada superior a 50 por cento. Apenas se consideraram as marcas abaixo de 62 minutos
.

Deixar Resposta