Recorde mundial dos 5.000 m no Mónaco pelo ugandês Joshua Cheptegei

0
149

Para além do artigo já ontem publicado sobre o meeting do Mónaco, vamos deter-nos um pouco na façanha do ugandês Joshua Cheptegei, que estabeleceu um novo recorde mundial dos 5.000 metros ao terminar em 12.35,36.

Cheptegei retirou assim da lista dos recordistas, o etíope Kenenisa Bekele que tinha realizado 12.37,35 em 31 de Maio de 2004, em Hengelo, Holanda.

O ugandês passou aos 3.000 m em 7.35,14 e aos 4.000 m em 10.05,46, terminando muito forte, ao correr as duas últimas voltas à pista em menos de um minuto (59,97 e 59,64).

Nos lugares imediatos, ficaram o queniano Nicholas Kimeli com um recorde pessoal de 12.51,78 e o seu compatriota Jacob Krop com 13.11,32.

“Tinha como objetivo bater o recorde do mundo que já tinha muito tempo”, disse Joshua Cheptegei. “O Mónaco é um lugar especial e eu sabia que era uma pista onde se podia bater o recorde do mundo. Eu fui ao limite de mim mesmo. Não é fácil estar motivado esta época mas tive sucesso. Tenho comigo um bom staff, um bom treinador. Por hábito, eu treino na Europa mas ficar finalmente no Uganda, esta vez junto da minha família, foi uma coisa boa”.

Cheptegei não se esqueceu de Bekele: “Este recorde é um momento especial para mim e tenho de agradecer a Kenenisa (Bekele) que tem sido um verdadeiro modelo de inspiração para mim”.

O ugandês, de 23 anos, sagrou-se em 2019, campeão mundial de corta-mato e dos 10.000 metros em Doha, depois de ter sido segundo, dois anos antes em Londres. Ele já tinha estabelecido os recordes do mundo mas em estrada, dos 5, 10 e 15 km. O seu anterior recorde pessoal dos 5.000 m era de 12.57,41.

Deixar Resposta