Ricardo Souza derrotou Carlos Nascimento em Évora

0
224

A vitória do brasileiro do Benfica Ricardo Souza (10,27 ventosos) sobre Carlos Nascimento (10,30) foi a nota mais saliente do Festival de Velocidade e Estafetas realizado em Évora e a que foi dado o nome de Memorial Ricardo Ribeiro, em homenagem ao velocista do Sporting tragicamente falecido no ano passado. O vento (que nessa prova soprava a +3,5 m/s) impediu a homologação de uma série de resultados, nomeadamente os 13,80 de outro brasileiro, João Oliveira, nos 110 m barreiras (v:+2,8).

“Salvou-se” Lorene Bazolo, que ganhou destacada os 100 m em 11,68 (v:+1,6), depois de ter conseguido 11,58 na eliminatória (v:+0,3). Catarina Lourenço foi segunda, com 12,14 (12,03/v:+1,0 na eliminatória). Uma curiosidade: Francis Obikwelu ganhou a final B, com 11,08 (v:-0,1) depois de ter conseguido 10,95 ventosos (+3,2) na eliminatória.

André Marques (49,54) e Carolina Duarte (57,35) ganharam os 400 m, com pouca participação, e Catarina Ribeiro (16,45 com v:+2,3) venceu os 100 m barreiras.

Nas estafetas, o Sporting preparou a sua equipa feminina para a Taça dos Campeões do próximo fim-de-semana (46,28) e a corrida masculina foi dominada por uma equipa nacional de sub’23 (Xavier Rato-João Esteves-André Prazeres-Wilson Pedro), com 41,54.

Entretanto, em provas extra do Regional lisboeta de infantis, Liliana Cá lançou o disco a 56,65 na 1ª jornada, em Torres Vedras, e foi derrotada por Irina Rodrigues (58,59-57,18) na 2ª jornada, no Estádio Universitário (pista 2), durante a qual Francisco Belo voltou a passar os 20 metros no peso (20,15) derrotando Tsanko Arnaudov (18,62), e António Vital Silva lançou o martelo a 68,45.

Deixar Resposta