Rosa Mota estreia-se em Europeu de Veteranos

0
1019

Rosa Mota vai estrear-se em Europeus de Veteranos na edição deste ano (a 21ª), que se disputará em Veneza (Itália), entre esta quinta-feira (dia 5) e o dia 15. Aos 61 anos, a antiga campeã olímpica, mundial e europeia da maratona, entre 1982 e 1990, regressa a um Campeonato da Europa, mas agora de veteranos. Está inscrita em quatro provas, embora só deva participar em duas ou três, tanto mais que as corridas de 10 km em estrada e meia-maratona vão decorrer quase em simultâneo (partidas às 9 e 9.30 h, respetivamente), no último dia (15). Está também inscrita no corta-mato (dia 8) e nos 10000 m em pista (dia 9).

Recorde-se que em março passado, Francis Obikwelu se estreou no Mundial de Veteranos de pista coberta, na Polónia, ganhando os 60 metros do seu escalão (M40). Mas ele estará agora ausente.

Portugal tem nada menos de 65 atletas inscritos (19 do sexo feminino), entre os 35 anos e os 86 de José Bom e os 79 de Olinda Ivars, os mais velhos de cada sexo. Destaque para a presença de Vânia Silva, ainda a melhor martelista portuguesa, que há um ano se estreou com os títulos mundiais de veteranos de martelo e martelão, sendo detentora do recorde mundial desta última especialidade, no escalão F35. De entre os antigos atletas de alta competição, destaque ainda para a presença de Péricles Pinto, já M80, que foi medalhado no primeiro Europeu, em 1978 (era ainda M40!…), e no último, em 2017, somando já 31 medalhas em Europeus (e 27 em Mundiais).

Portugal esteve em foco nos últimos campeonatos. No Europeu de há dois anos, em Aahrus, na Dinamarca, foram conquistadas 39 medalhas, das quais 18 de ouro. No ano passado, no Mundial de Málaga, em Espanha, foram 37 as medalhas obtidas (12 de ouro). Dos medalhados, estarão agora em Veneza, nomeadamente, Bernardino Pereira (M80), que ganhou quatro medalhas de ouro e uma de bronze no Europeu de 2017 e três de ouro e uma de prata no Mundial de 2018, e ainda os fundistas Licínio Pereira, Nelson Oliveira, Davide Figueiredo e Joaquim Figueiredo e a marchadora Orlete Mendes, que podem juntar mais medalhas ao seu pecúlio. Nos lançamentos, também Céu Cunha (dardo) e Augusto Cavaleiro (pentatlo de lançamentos) conseguiram medalhas. De referir ainda as presenças de Luísa Coelho (400 m), Susana Estriga (heptatlo e barreiras), Paulo Constantino (decatlo), Vanda Ribeiro (corta-mato e obstáculos) e Ricardo Lemos (100 m), todos eles com um passado de atletas de alta/média competição.

Deixar Resposta