Rosa Mota recebe Prémio Carreira da AIMS

0
3941

Rosa Mota vai receber o Prémio Carreira na 5ª Gala anual de prémios “Melhor Corredor de Maratona”, a realizar-se amanhã na Grécia. Será mais um prémio da AIMS (Association of International Marathons and Distance Races), a juntar a outro recebido em 2012.

Entre outros resultados, Rosa Mota venceu as maratonas de Roterdão (1983) (2h32m27s), Chicago (1983) (2h31m12s) e (1984) (2h26m01s), Tóquio (1986) (2h27m15s), Boston (1987) (2h25m21s), (1988) (2h24m30s) e (1990) (2h25m23s), Osaca, (1990) (2h27m47s) e Londres (1991) (2h26m14s).

Nos Jogos Olímpicos, conquistou a medalha de bronze em Los Angeles 1984 e a de ouro em Seoul em 1988.

Nos Campeonatos do Mundo, foi ouro em Roma 1987. Nos Campeonatos da Europa, foi ouro em Atenas 1982, Estugarda 1986 e Split 1990.

Foi vice-campeã mundial de estrada (15 km) em 1984 e 1986.

Em Portugal, sagrou-se oito vezes campeã nacional de corta-mato, três vezes nos 1.500 metros e uma vez nos 800 m.

Quanto a distinções, recebeu o Prémio Imprensa em 1981; a Medalha Olímpica Nobre Guedes do Comité Olímpico de Portugal em 1981; foi elevada a Oficial da Ordem do Infante D. Henrique em 1985; elevada a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique em 1987; foi feita Grã-Cruz da Ordem de Mérito em 1988; recebeu o Prémio Alto Prestígio da Confederação do Desporto de Portugal em 2010 e distinguida pela sua carreira pela AIMS em 2012.

 

 

Deixar Resposta