Rússia ameaça excluir atletas olímpicos que não devolvam medalhas devido ao doping

0
2448

A Federação Russa de Atletismo informou nesta quinta-feira que os atletas que ainda não devolveram ao Comité Olímpico Internacional, as medalhas ganhas nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e Londres 2012, poderão ser banidos do desporto.

Até agora, apenas foi devolvida uma das 24 medalhas em causa. Anton Kokorin foi o único que devolveu a medalha conquistada. Ele ganhou a medalha de bronze na estafeta 4x400m no Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, mas teve que devolver a medalha devido ao teste positivo de Denis Alexeyev, seu companheiro na prova.

“Estamos dando este aviso porque nas negociações para voltarmos a ser aceites pela IAAF, este foi um dos critérios estabelecidos, mas que acabou por ser ignorado por algumas pessoas”, explicou a Federação Russa, apontando o motivo da ameaça.

Caso os aletas continuem sem devolver as medalhas, as sanções acontecerão a nível nacional e internacional. Eles poderão deixar de ser convocados para competições na Rússia como excluídos de controlos antidoping para participar em torneios sob bandeira neutra, já que o atletismo russo continua suspenso.

As punições, porém, não devem recair sobre os atletas que foram apanhados em exames antidoping, uma vez que eles já estão suspensos por dois anos. Além disso, há quem tenha de devolver a medalha mas já se encontre retirado das competições.

Deixar Resposta