Rússia vai apelar da sanção de quatro anos imposta pela AMA

0
437

Segundo informou a agência russa de notícias Tass, a Agência Antidoping da Rússia, RUSADA, vai apelar da sanção de quatro anos por doping que impede o país de competir sob a sua bandeira nos principais eventos desportivos internacionais.

A RUSADA não está de acordo com a sanção e vai assim apelar ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Por outro lado, o presidente russo, Vladimir Putin, considera que a sanção ao seu país não está justificada, opinando que os castigos devem ser aplicados de maneira individual e não coletiva. Putin denunciou ante a imprensa que o castigo da AMA “é político e injusto”.

Há dez dias, o Comité Executivo da AMA anunciou a sanção à Rússia, depois de concluir que Moscovo havia alterado os dados do laboratório e eliminado arquivos vinculados a análises de doping com resultados positivos que poderiam ajudar a identificar os dopados.

 

Deixar Resposta