Sub’23 de Benfica (M) e Sporting (F) com boa vantagem e Pedro Buaró volta a bater recorde na vara (5,15)

0
709

(Fotos FPA)

O Benfica, com 17 pontos de vantagem sobre o Sporting (61-44), no setor masculino, e o Sporting, com 28 sobre GA Fátima e SC Braga (47-19), no feminino, partem com boa vantagem para a segunda jornada do Campeonato Nacional de Sub’23, que se está a realizar em Braga e termina na manhã deste domingo.

A principal figura voltou a ser João Pedro Buaró (GD Estreito), que bateu novamente o recorde nacional de juniores de pista coberta, melhorando os 5,10 de há uma semana para 5,15, já acima do seu recorde pessoal de ar livre (5,12). Outros campeões com recordes pessoais foram Guilherme Santos (Benfica), com 6,89 nos 60 m (menos 3 centésimos), e Tomás Dinis (Sporting), com 7,33 no comprimento (mais 6 cm). Numa prova tática de 1500 m, Isaac Nader, Benfica (3.49,96) derrotou Luís Monteiro, Sporting (3.50,56) mas este seria posteriormente desclassificado. Paulo Martins (Sporting) ganhou os 5000 m marcha (21.12,64) e o Benfica os 4×400 m (3.21,35).

pista coberta 1No setor feminino, destaque para os 60 metros, prova na qual Daniela Amaro (GD Cavadas) melhorou o recorde pessoal de 7,63 para 7,60, derrotando a regressada Rosalina Santos (Sporting), que conseguira 7,58 na eliminatória, mas depois fez 7,61. No comprimento, ganho pela são-tomense Agate Sousa (GA Fátima), com 6,15, a campeã foi Catarina Karas (Sporting), que igualou o recorde pessoal com 5,85. Mariana Machado (SC Braga) foi a natural campeã de 1500 m, mas agora em “lentos” 4.29,31. Triunfo de Catarina Costa (Sporting) nos 3000 m marcha (13.35,63), de Margarida Mota (UFC Tomar) numa modesta prova de altura (três atletas a 1,61) e do Sporting nos 4×400 m (3.57,84).

Deixar Resposta