Televisão alemã ARD com novas acusações ao atletismo russo

0
87

A cadeia de televisão alemã ARD divulgou que treinadores implicados em práticas ilegais que conduziram à suspensão da Rússia, continuam a trabalhar com atletas da equipa nacional, o que contraria as promessas feitas pela Federação Russa de Atletismo (FRA) à IAAF.

A ARD indicou que o treinador chefe da equipa russa durante os anos do escândalo do doping, Valentin Maslakov, faz parte da lista oficial de técnicos russos para 2019.

Nessa lista composta por 94 nomes, estão 63 nomes que faziam parte dos treinadores e pessoal técnico em 2014 ou até antes, data em se descobriu o escândalo de doping que levou à suspensão da FRA em 2015 por parte da IAAF.

Segundo a ARD, Maslakov, que deixou o seu cargo de treinador chefe em 2015, figura no quarto lugar da lista como “treinador principal” para os 400 metros, 400 metros barreiras e estafeta de 4×400 m.

O Ministro dos Desportos da Rússia, Pavel Kolobkov, afirmou que os treinadores suspensos não estão incluídos na equipa nacional russa, tal como os atletas. Disse ainda que não está ao corrente da informação agora divulgada pela ARD.

A FRA abordará com a IAAF em finais deste mês, a possibilidade de reabilitação após o escândalo de doping de Estado e as recentes acusações da ARD.

A IAF assinalou num comunicado após a sua recente reunião em Doha que tomou nota das acusações da ARD.

 

Deixar Resposta