Transferências: Sporting afasta-se (ainda mais) no feminino e aproxima-se do Benfica no masculino

0
3426

Terminado o período de transferências, é hora de balanço. E a primeira conclusão é que o Sporting voltou a investir fortemente, enquanto o Benfica terá reduzido o seu orçamento. Os leões receberam uma série de reforços, enquanto as águias estão mais fracas, em especial no setor feminino.

Neste setor, o Sporting ficou ainda mais forte, em especial no meio-fundo, já que juntou a Jéssica Augusto e Sara Moreira nada menos que Salomé Rocha e Catarina Ribeiro (ex-Benfica, com passagem por individuais em 2017) e Inês Monteiro (ex-CA Seia). Ou seja, tirando Dulce Félix (que continua no Benfica mas espera criança em Dezembro), o Sporting fica com todas as melhores portuguesas. Nos restantes setores, o Sporting recebeu de novo a varista Cátia Pereira (já tinha Marta Onofre e Eleonor Tavares) e ainda Evelise Veiga, melhor saltadora nacional de comprimento em 2017 (ex-J. Vidigalense), Dorothe Évora (ex-Benfica), Carina Pereira (ex-Benfica) e a jovem sul-africana Rosalina Santos (ex-Estreito). E anunciou ainda a contratação da meio-fundista romena Claudia Bobocea (2.01,49 em 2016 e 4.06,33 em 2017 como recordes pessoais) que, embora dizendo viver no Algarve há vários anos, nunca competiu em Portugal…

Entretanto, o Benfica não renovou com Lecabela Quaresma, Susana Costa e Cátia Pereira, de entre as suas principais figuras. Lecabela foi para a J. Vidigalense e Susana Costa acabou na Academia Fernanda Ribeiro, pois o SC Braga não estava disposto a indemnizar o Benfica. Mas da equipa que esteve no último Nacional da I Divisão, o Benfica perdeu ainda Adriana Alves (100 m), Ana Chiu (martelo), ambas para o GA Fátima, Catarina Vieira (3000 m obstáculos), para o C+S Lavra, e a dardista Marlene Araújo, para o SC Braga. Além de Carina Pereira e Dorothe Évora (estafetas). Praticamente meia equipa…

No setor masculino, o Benfica prescindiu de Yazaldes Nascimento, Miguel Moreira, Edi Maia, Alberto Paulo e Tiago Costa, que ingressaram no Sporting, onde se juntam a Tiago Aperta, que saiu da Luz há um ano mas, por ainda ter contrato com o Benfica, não se pôde inscrever em 2017, participando em algumas provas por decisão da Federação, tendo em vista a seleção nacional. O Sporting, que também contratou à J. Vidigalense o saltador em comprimento Miguel Marques (2º do ano, depois de Marcos Chuva) promete aproximar-se do Benfica, mas os encarnados continuam favoritos, tanto mais que, dos reforços anunciados, apenas Tiago Aperta é franco favorito… numa especialidade na qual o Sporting já levara a melhor em 2017. Miguel Moreira, vencedor dos 800 m da I Divisão este ano, pelo Benfica, pode ser a exceção, embora se espere boa réplica de Yazaldes e Edi Maia nos 100 m e vara. O ex-júnior Luís Monteiro (1.52,33 aos 800 m) foi outra transferência do Benfica para o Sporting. Daniel Santiago, lançador de peso do Gira-Sol, também será “leão”.

O Benfica reforçou-se muito pouco. Destaque para as entradas de Ivo Tavares, saltador em comprimento ex-Campismo, e dos ex-juvenis Leandro Ramos, lançador, ex-Gira Sol, e Simão Pereira, saltador em altura ex-GCA Donas, além do veterano Carlos Tribuna (ex-Gira Sol). No setor feminino, entraram Juliana Rei e Érica Granjeia (ex-Gira Sol).

O Benfica anunciou que a aposta seria apenas na equipa masculina de pista e pista coberta, “esquecendo” o corta-mato e estrada. As saídas de Alberto Paulo (vice-campeão nacional de estrada) e Tiago Costa tornaram a formação do Benfica algo “curta”. Mas a equipa ainda conta com Rui Pinto, Samuel Barata e André Pereira (e até Miguel Borges), além de Hermano Ferreira, Eduardo Mbengani, Ricardo Ribas e… Rui Silva. O Sporting tem uma formação bem extensa mas não qualitativamente melhor.

Uma última curiosidade deste período de transferências: a diferença de comunicação entre Benfica (anunciou a saída de atletas ainda antes de 15 de outubro e não mais algum dos seus responsáveis falou de transferências) e Sporting (dia-a-dia foi dando conta de novidades, com fotos incluídas, algumas até bem pouco relevantes…).

SC Braga e J Vidigalense

Duas outras equipas irão certamente lutar pelos pódios da I Divisão: a habitual Juventude Vidigalense e o regressado SC Braga, que já este ano foi terceiro no setor masculino.

Para já, o SC Braga reforçou a equipa masculina com o barreirista João Fontela (ex-J. Vidigalense), o fundista Hugo Almeida (ex-Sporting) e o corredor de 400 m planos e com barreiras Jorge Paula, que há um ano passou do Benfica para o Sporting mas, lesionado, não chegou a competir. Mas foi no setor feminino (mais fraco), que a formação minhota mais se reforçou: Tatiana Rosário (velocista ex-GA Fátima), Loanne Pinto (velocista, ex-Esc. Movimento), Francisca Martins (400/800 m, ex-Grecas), Joana Costa (fundista, ex-Benfica), Marta Martins (fundista, ex-ACR Srª Desterro), Andrea Felisberto (barreirista, ex-JOMA), Ana Sofia Silva (altura, ex-Maia AC), Bárbara Mota (varista, ex-AC Vermoil), Shaina Mags (saltadora, ex-Sporting), Marlene Araújo (dardista, ex-Benfica), além da heptatlonista Rafaela Vitorino (ex-individual). De saída está Liliana Manhente, para o Srª Desterro.

A Juventude Vidigalense perdeu vários atletas (desde logo Evelise Veiga e Miguel Marques para o Sporting) mas reforçou-se, em especial com a heptatlonista Lecabela Quaresma (ex-Benfica), a marchadora Kristina Saltanovic, ex-CA Seia (para colmatar a saída de Nádia Cancela), a fundista Carla Reis (ex-ADREP) e, no setor masculino, Pedro Bernardo e Samuel Remédios (ex-Benfica).

Nota: não sendo ainda públicas todas as transferências (algumas associações ainda não as divulgaram), atualizaremos estes dados logo que possível

AS TRANSFERÊNCIAS DE TOP*
MASCULINOS
LUG.       ATLETA PROVA DE PARA
Tiago Aperta dardo n/f SCP
Samuel Remédios decatlo SLB JV
Edi Maia vara SLB SCP
Miguel Marques comp. JV SCP
Miguel Moreira 800 m SLB SCP
Tiago Boucela altura GREC SCP
Ivo Tavares comp. CSJM SLB
Yazaldes Nascimento 100 m SLB SCP
Jorge Colaço 400 m AACC CBfF
Nuno Lopes 5/10000m CAS SCP
Alberto Paulo 3000 ob. SLB SCP
João Fontela 110 b JV SCB
Leandro Ramos dardo GS SLB
Bruno Silva 800 m LVG MAC
Ricardo Barbosa 3000 ob. SLB MAC
Carlos Tribuna dardo GS SLB
FEMININOS
Evelise Veiga comp. JV SCP
Lecabela Quaresma heptatlo SLB JV
Salomé Rocha 10000m/CM IND SCP
Susana Costa triplo SLB AFR
Catarina Ribeiro 10000 m IND SCP
Rafaela Vitorino altura/hept. IND SCB
Cátia Pereira vara SLB SCP
Marlene Araújo dardo SLB SCB
Carina V Pereira 200 m SLB SCP
Dorothé Évora 400 m SLB SCP
Inês Monteiro 10000 m CAS SCP
Andreia Felisberto 100 b JOMA SCB
Ana Sofia Silva altura MAC SCB
Carla Reis 3000 ob. ADREP JV
Tatiana Rosário 200 m GAF SCB
Shaina Mags comp. SCP SCB
Marta Martins C-Mato ACRSD SCB

* atletas nos 6 primeiros nos rankings de 2017 (provas olímpicas) e no Nacional de Corta-Mato

BENFICA-SPORTING EM PISTA
BENFICA PROVA SPORTING FAV.
David Lima 100 m Yazaldes Nascimento SLB
David Lima 200 m Ricardo Ribeiro SLB
V. Ricardo Santos 400 m Ricardo Ribeiro SLB
Emanuel Rolim 800 m Miguel Moreira ?
Emanuel Rolim 1500 m Paulo Rosário SLB
Rui Pinto 3000 m Nuno Lopes SLB
Samuel Barata 5000 m Nuno Lopes SLB
Miguel Borges 3000 ob. Fernando Serrão SLB
Hélio Vaz 110 bar. Rasul Dabo SCP
Diogo Mestre 400 bar. Manuel Dias SCP
Paulo Conceição altura Tiago Boucela SLB
Diogo Ferreira vara Edi Maia SLB
Marcos Chuva comp. Miguel Marques SLB
Tiago Pereira triplo Nelson Évora SCP
Tsanko Arnaudov peso Marco Fortes SLB
Francisco Belo disco Edujose Lima SLB
António Vital Silva martelo Miguel Carreira SLB
Leandro Ramos dardo Tiago Aperta SCP
Miguel Carvalho 5000 M João Vieira SCP
D. Antunes-D. Lima 4x100m Anc.Lopes-C. Nascimento
R. Pereira-R. Jorge F. Obikwelu-Y.Nascimento SLB
M. Pereira-M. Ramos 4x400m T. Horta-A. Rodrigues
A. Marques-VR Santos R. Ribeiro-Sandy Martins ?

Vitórias: Benfica, 14; Sporting, 5 (dúvidas – 2)

Nota: não considerámos os atletas estrangeiros contratados na época passada (nomeadamente Jordin Andrade, SCP, Lucírio Garrido, SLB, e Pedro Pichardo, SLB), por não haver garantias de que possam estar presentes.

… E NO CORTA-MATO

SPORTING 2017
Licínio Pimentel
Ricardo Dias
Hélder Santos
José Moreira
Tiago Costa (ex-SLB)
Bruno Albuquerque 10º
José Rocha 11º
António Silva 12º
Miguel Marques 14º
Nuno Lopes (ex-CAS) 15º
Rui Pedro Silva 18º
…………….
Rui Teixeira n/p
Alberto Paulo (ex-SLB) des.
BENFICA 2017
Rui Pinto
Samuel Barata
Ricardo Ribas
Eduardo Mbengani 19º
Hermano Ferreira des.
André Pereira n/p
Rui Silva n/p

Pontuação 2017:

Sporting, 19; Benfica, 31

TRANSFERÊNCIAS ASSOCIAÇÃO A ASSOCIAÇÃO

(Nota: algumas associações, nomeadamente as de Lisboa e Madeira, ainda não haviam divulgado as listas três dias depois do final do prazo de transferências…)

ALGARVE: Jorge Colaço na Casa do Benfica

Das 40 transferências ocorridas no Algarve, as notas principais vão para o ingresso do velocista Jorge Colaço (48,43 aos 400 m), ex-AA Ch. Caparica, na Casa do Benfica de Faro. Entretanto, o decatlonista Joaquim Cabral (ex-CO Pechão) regressou ao Esperança de Lagos e o fundista Mussa Djau (ex-Beja AC) ingressou no AA Bela Vista.

AVEIRO: Quase centena e meia só inter-Associação

Foram nada menos de 142 as transferências de atletas entre clubes da Associação, fora as entradas e saídas. Nas entradas, há a salientar as do veterano Paulo Gomes (ex-CUA Benaventense) no GDC Guilhovai, de Holder da Silva (ex-Sporting) no Campismo e, no setor feminino, as de Emília Pisoeiro (ex-CA Em. Pisoeiro) no RD Águeda, de Leonor Carneiro (ex-Sporting) no Grecas, de Nádia Cancela (ex-J. Vidigalense) no Grecas e de várias atletas do Gira Sol que ingressaram na ADRE Palhaça, nomeadamente Bruna Varela (heptatlo), Helena Gomes (triplo), Cristiana Campos (peso), Maria João Rodrigues (martelo) e Flávia Costa (dardo).

Principais saídas da Associação: Tiago Boucela (ex-Grecas) e a jovem Beatriz Rodrigues (ex-RD Águeda) para o Sporting; Ivo Tavares (ex-Campismo) para o Benfica e Carla Reis (ex-ADRE Palhaça) para a J. Vidigalense.

BEJA: Apenas 18 transferências

Apenas 18 transferências em Beja, das quais cinco de outras associações. E, de entre estas, referência para as de Rui Gominho, (ex-CEBI) e Miguel Quaresma (ex-Ingleses FC), ambos para o Beja AC.

BRAGA: Três maratonistas no Águias de Alvelos

Numerosas transferências em Braga. Para além dos reforços da formação do SC Braga [ver peça principal], há a salientar o ingresso de três maratonistas no ACR Águias de Alvelos: Daniel Pinheiro (ex-Maia AC), Bruno Ferreira (ex-ACD SJ Serra) e Luís Pereira (ex-CA Tâmega).

  1. BRANCO: Saídas para Benfica e Sporting

De entre as escassas transferências de Castelo Branco, avultam as saídas de promissores atletas para o Benfica (Simão Pereira, revelação na altura, e Paulo Soares, ambos do GCA Donas) e para o Sporting (a marchadora Inês Reis e a meio-fundista Laura Taborda, do Leões da Floresta).

COIMBRA: Gira Sol muito desfalcado

A saída de numerosos atletas do Gira-Sol, incluindo para Benfica e Sporting (Leandro Ramos, Carlos Tribuna, Érica Granjeia e Daniel Santiago foram as principais) marcou a época de transferências em Coimbra. Foram bem menos as entradas, salientando-se as de Jorge Batista, oitocentista (ex-ADREP) e de Rui Fernandes, discóbolo (ex-Campismo). A lançadora Mariana Bento (ex-CA Marinha Grande) ingressou na UC Eirense.

ÉVORA: GD Diana reforça-se

De entre as 17 transferências em Évora, destaque para três reforços do GD Diana: Catarina Abreu (ex-JD Neves), Rafaela Morgado (ex-GD Cavadas) e Yaroslav Kolodiy (Ex-Elvense Nat.).

GUARDA: Ingressos no Srª Desterro

Nada menos de 16 das 21 transferências na Guarda foram entradas na ACR Srª Desterro. Destaque para as de Sérgio Alves (400 m, ex-CD Ribeirinho), Adelino Oliveira (obstáculos, ex-Gira Sol), Gilberto Carvalho (vara, ex-CDC Navais), Miguel Almeida (dardo, ex-Esc. Movimento) e, no setor feminino, a meio-fundista Rita Mineiro (ex-CDUL), a eclética Liliana Manhente (ex-SC Braga) e a marchadora Alexandra Lamas (Chão Duro).

LEIRIA: O novo clube de Mónica Rosa

De entre as transferências de Leiria, as mais sonantes foram para a J. Vidigalense. Mas a novidade foi a criação do Clube de Atletismo Mónica Rosa, na Marinha Grande, liderado pela antiga atleta internacional e que recebeu 14 atletas do CA Marinha Grande. Para a J. Vidigalense, e para além dos nomes referidos na peça principal, transferiram-se, entre outros, Milton Hassany (ex-Srª Desterro) e o marchador Cristiano António (ex-AC Vermoil). De saída da J. Vidigalense está o juvenil Rodrigo Agostinho, que em 2016 bateu o recorde nacional de iniciados do comprimento e agora ingressou no CA Marinha Grande.

PORTALEGRE: Yaroslav Kolodiy de Elvas para Évora

Entre as três dezenas de transferências realizadas, a nota principal vai para a saída do júnior Yaroslav Kolodiy (ex-Elvense Nat.), que se salientara em 2016 mas “desapareceu” em 2017, e agora mudou para o GD Diana, de Évora. A maioria das transferências (13) tem como destino a Casa do Benfica em Portalegre.

PORTO: El Kalay no S. Salvador do Campo

Já na fase final da carreira, Youssef el Kalay deixou o Sporting para ingressar no CD S. Salvador do Campo. Entretanto, do Benfica, e para além de Susana Costa (para a Academia Fernanda Ribeiro), saíram Mónica Silva para individual e o promissor Ricardo Barbosa (3000 m obstáculos) para o Maia AC. A nível interno, destaque para a passagem do oitocentista Bruno Silva do Luz e Vida Gondomarense para o Maia AC.

SANTARÉM: Do Benfica para o GA Fátima

Três dezenas de transferências em Santarém, com destaque para quatro delas, provenientes de outras associações: Adriana Alves e Ana Chiu (ex-Benfica) para o GA Fátima; a veterana Susana Estriga (ex-ADR Água de Pena) para o SC Abrantes; e Alexandre Gameiro (ex-Srª Desterro) para a CP Alcanena.

SETÚBAL: CDR Ribeirinho grande recetor

Das perto de sete dezenas de transferências em Setúbal, mais de um-terço (27) tiveram o CDR Ribeirinho como clube de destino. Das restantes, nota para o ingresso do antigo recordista nacional do dardo, e agora ativo veterano, Carlos Cunha (ex-Cl. Pedro Pessoa) no Almada e Figueirinhas.

  1. CASTELO: Apenas 10 transferências

Muito calma a época de transferências, com apenas 10 mudanças de clube, três delas protagonizadas pelos irmãos Alves Pedra, do Olímpico Vianense para o CA Mazarefes.

Deixar Resposta