Transferências: Sporting (bastantes) e Benfica (alguns) dispensam “segundos” planos

4
2324

Terminado o período de transferências, é altura para os primeiros balanços, com base nas listas disponibilizadas pelas Associações Regionais, para já apenas seis que terão funcionado melhor. Esperamos receber as listas das restantes muito em breve, publicando então o que de mais relevante lá se verificou.

Dos nomes já vindos a público (ou constantes das listas já enviadas), a transferência mais sonante é a do martelista madeirense Décio Andrade, do GD Estreito para o Benfica.

No entanto, a tendência que se verifica é a grande “limpeza” feita pelo Sporting no seu quadro de atletas, ficando apenas (ou quase) com os titulares da sua principal equipa (e mesmo assim já foram anunciadas as dispensas de Tiago Aperta, Marco Fortes e Rasul Dabo…) e com os jovens mais esperançosos. Também o Benfica fez uma “limpeza”, embora qualitativa e quantitativamente bem menos visível. Com essas saídas ganharam o SC Braga e a Juventude Vidigalense, que continuarão a lutar pelo terceiro lugar nacional.

Mas vejamos, relativamente às Associações Regionais que já disponibilizaram as suas transferências, o que de mais relevante se verificou.

ALGARVE: André Costa na Casa do Benfica

André Costa, recordista nacional de 4×100 m e com 10,48 como melhor aos 100 m (10,56 este ano), passou do Benfica (onde estava desde 2012) para a Casa do Benfica de Faro, sendo   a principal transferência no Algarve. Entre outros, a Casa do Benfica recebeu também o quatrocentista Jorge Colaço, a meio-fundista Mafalda Marques e a martelista Sandra Santos (igualmente ex-Benfica) e a fundista Soraia Tavares (ex-Sporting). Em sentido contrário (para o Benfica) seguiram o varista Diogo Martins (ex-Casa do Benfica) e o meio-fundista Gabriel Ludwick (ex-Royal AXN Lagos), ambos ex-juvenis.

Entretanto, o velocista José Mestre transferiu-se do Areias de S. João para a ACD Jardim da Serra (Madeira) e, entre clubes algarvios, a maioria (24) passaram do São Francisco AD para o São Pedro – Futsal Clube de Faro.

BRAGA: SC Braga reforça-se no Sporting e não só…

O SC Braga saiu bem reforçado deste período de transferências, em especial no setor feminino. Para além de desfalcar o seu principal opositor (a J. Vidigalense), com a contratação da meio-fundista Carla Mendes (4º nos 800 m e 5ª nos 1500 m nos rankings do ano), conseguiu (vindos do Sporting) mais quatro atletas femininas (a velocista Carina Pereira, as fundistas Diana Almeida e Susana Francisco e a marchadora Vitória Oliveira), além do saltador Carlos Veiga. Do Benfica, recebeu o saltador em altura Francisco Barreto e reforçou-se ainda com o barreirista angolano Edson Oliveira (ex-individual). O SC Braga perdeu a fundista Silvana Dias (para o S. Salvador do Campo) e a saltadora em altura Ana Silva (para o Maia AC). Além de Ricardo Ribas, que pretende terminar a carreira no clube onde a iniciou – o Ginásio Clube de Bragança. A sua equipa do El Comandante Team recebeu 11 atletas transferidos, seis dos quais individuais.

De resto, há a salientar a mudança do prometedor oitocentista Marcelo Pereira, que se distinguiu no NA Taipas e agora ingressou no Vit. Guimarães, e o ingresso do fundista Davide Figueiredo (ex-S. Salvador do Campo) no A. Figueiredos Runners.

LEIRIA: J. Vidigalense reforçado

Embora tenha visto sair alguns atletas (nomeadamente Carla Mendes para o SC Braga, Catarina Guerreiro para o Maratona CP e Claudino Tavares para o Campismo SJM), a Juv. Vidigalense sai reforçada deste período de transferências, muito à custa de atletas do Sporting, nomeadamente os saltadores Oleksandr Lyashchenko e André Oliveira, o velocista João Pinto, o fundista Hugo Ganchas e o lançador Daniel Santiago, no setor masculino, e a corredora de 3000 m obstáculos, Daria Melnyk, no feminino. A equipa leiriense recebeu ainda o meio-fundista João Fonseca e o saltador Simão Pereira (ex-Benfica), o velocista Gil Manuel (ex-NA Cucujães), o quatrocentista Felisberto Alves (ex-AD Novas Luzes) e o barreirista Miguel Costa (ex-Juv. Ilha Verde), além da fundista Joana Ferreira (ex-UC Eirense).

Outra transferência: a varista Sara Mota passou do GR Eirense para o AC Vermoil.

PORTO: Sporting e Benfica reforçam AC Póvoa Varzim

Nada menos de 116 foram as mudanças de clube no Porto, com 28 saídas para outras associações, 38 entradas e 50 mudanças entre clubes da Associação do Porto. Destaque para o martelista Dário Manso que, em fim de carreira e depois de 12 anos no Sporting e três no Benfica, ingressou no AC P. Varzim. À Associação do Porto regressaram três atletas que chegaram a ser (uma ainda é) primeiros planos nacionais. Luís Miguel Borges (8.38,40 em 2017 e 8.39,23 em 2018 nos obstáculos mas sem correr esta prova em 2019) esteve oito anos no Benfica e regressou agora, como individual, à Associação do Porto. Bruno Costa (7,71 no comprimento em 2014 mas apenas 7,10 este ano) esteve cinco anos no Benfica e três no Sporting e agora regressou a um clube da sua terra, não já o CD Póvoa, onde se iniciou, mas o AC Póvoa do Varzim. Ana Silva, saltadora em altura (1,71 esta época), regressou ao Maia AC, depois de dois anos no SC Braga.

Do Sporting, ingressaram em clubes do Porto mais oito atletas, cinco das quais do setor feminino. Os meio-fundistas Hugo Correia, David Oliveira, Joycelene Barros e Rita Ribeiro, o barreirista Martim Faustino e as saltadoras Mariana Novo e Andreia Gomes ingressaram na AC P. Varzim. Sara Duarte, também meio-fundista, optou pelo ACD S. João da Serra. Do Benfica, saiu ainda a heptatlonista Carolina Ribeiro. Do SC Braga, e para além de Ana Silva, saiu para um clube do Porto (S. Salvador do Campo) a fundista Silvana Dias. Outros ingressos: a fundista Sara Pinho (ex-ADRE Palhaça) no S. Salvador do Campo, a lançadora Purificação Fernandes (também ex-ADREP) na ACD S. João da Serra e o lançador Alexandre Almeida (ex-Srª Desterro) no Maia AC.

De saída do Porto estão, entre outros, Youssef el Kalai (ex-S. Salvador do Campo) para o Areias de S. João (Algarve) e o barreirista açoriano Sérgio Silva (ex-AC P. Varzim) para o GD Estreito.

Entre clubes da Associação do Porto, referência para quatro: a fundista Mónica Silva passou de individual para o S. Salvador do Campo; a maratonista Rosa Madureira, inscrita como individual, passa a representar a AD Marco de Canaveses; Lenine Cunha, com mais de duas centenas de medalhas em competições para deficientes intelectuais, deixa o clube com o seu nome para ingressar no CF Oliveira do Douro; e Ana Paula Mota, a veterana irmã de Rosa Mota, deixou o CAP para ingressar no Escola do Movimento.

SANTARÉM: Rui Silva do Benfica para os 20 Km Almeirim

Duas curiosas transferências de atletas veteranos em Santarém. O olímpico Rui Silva, que brilhou no Sporting e de há três anos para cá fazia parte do corpo técnico do Benfica, que deixou agora para integrar a Federação, ingressou, como atleta veterano, nos 20 Km de Almeirim, regressando à sua Associação de origem. O marchador Sérgio Vieira, que brilhou no CN Rio Maior e esteve depois no Benfica, estava em 2019 inscrito no Leiria Marcha Atlética (mas sem competir) e agora filiou-se igualmente nos 20 Km de Almeirim.

Outros ex-benfiquistas transferidos são a heptatlonista Raquel Marques (para o GA Fátima) e o fundista Miguel Mascarenhas (para os 20 Km de Almeirim), embora este ainda a confirmar. Do Sporting, mudaram o decatlonista Rafael Ferreira, o barreirista João Teixeira, e velocista Eugénio Júnior e o lançador André Carvalho, todos para os 20 Km de Almeirim.

Outras transferências entre clubes locais: Rui Serrão (martelista) da AEA Cartaxo para os 20 Km Almeirim; Tatiana Gonçalves (heptatlonista) dos 20 Km de Almeirim para o GA Fátima; e Joana Fernandes (varista) de individual para o GA Fátima.

VIANA DO CASTELO: Ricardo Dias no GD Castelense

Da vintena de transferências registadas em Viana do Castelo, destaque para o ingresso do ex-sportinguista Ricardo Dias (3º em 2017 e 5º em 2018 no Nacional de corta-mato) no GD Castelense. Referência ainda para o ingresso da saltadora Scarlett Saleiro (ex-CA Mazarefes) na ADR Água de Pena, da Madeira.

4 Comentários

  1. Só consegui ver os mapas de 2 das associações e como Sportinguista fiquei muito satisfeito que o clube tenha contratado a jovem Beatriz Rios.
    Aproveitando a deixa não há possibilidades de colocar aqui as contratações que Sporting e Benfica tenham feito nestas Associações e em todos os escalões?
    Obrigado!

  2. Acabei agora mesmo de saber aquela que deve ser a transferência mais sonante desta época que é a saída do Gerson Balde do Sporting para o Benfica.

Deixar Resposta